• 09 dez 2009
  • Postado por Tiago

Encontro do PMDB

O encontro regional do manda brasa, para que seu presidente estadual, Eduardo Pinho Moreira, possa ter um maior contato com os peemedebistas estado a fora, foi prestigiado. Quem se aligeirou pra tirar uma boa casquinha do evento foi o vereador bigodudo Laudelino Lamim. E isso que contou com a presença de uma de abobrões da sigla na região.

Uma

As cerca de 300 pessoas que lotaram o menor salão do Tiradentes escutaram o Eduardo Pinho Moreira, o ex-governador Paulo Afonso bigodinho Vieira, o Debinha Malvadeza, o Joãozinho Mattos, o João Mattos e até o desconhecido e inoperante senador Nem te Conto, ops!, Neuto de Conto, além de vereadores, partidários, simpatizantes e puxas de plantão.

Vem! Vem!

A dama de ferro, Eliane Rebello, também discursou e fez um baita oba-oba em prol de Lamim. O homem pássaro Edson Periquito, prefeito da Maravilha do Atlântico Sul, também deu o ar da sua graça, num momento mágico. Afinal, o terceiro processo que pedia a sua cabeça foi enterrado pela dona justa. Periquito chegou a brincar chamando o socadinho escriba pro pau, com uns golpes de capoeira.

Adesivo… Hummm…

O vereador do Vassourão, Elói Camilo da Costa (PMDB), não deu as caras no evento peemedebista. Mas teve puxa seu que ajuntou um adesivo estranho onde podia se ler: “Lamim. Com esse eu vô!”. Será que levaram pra atazanar a vida do vereador dos Cordeiros, Brejo e adjacências?

Tava murcho

O deputado do peemedebê, Debinha Malvadeza, levou à tiracolo a vereadora Maria Flor do outro lado da vala, em Navegantes. E como patinou não se mobilizando, teve que bater palmas pro seu oponente nas eleições do ano que vem: o Laudelino. Oh, dor! Oh, vida!

Manter discurso

O evento de Itajaí deve manter o discurso afinado dos peemedebistas para o próximo sábado, quando acontece a convenção estadual do partido na Leléia, que quer Pinho Moreira como candidato à sucessão do bigodudo LHS.

Num quero panetone!

O ex-governador turco careca, Esperidião Amin (PP), em entrevista ao Gerd Klotz e a este temente ao Altíssimo, na rádio Conceição FM, lascou que poderá ser um baita incômodo para o PFL (não nomeia como DEM!?) o fato do governador Arruda Panetone, do Distrito Federal, ter vindo à Santa & Bela pedinchar voto para algumas figuras.

Não se arrepende, mas…

Amin garante que votou no Lula em 2006 e não se arrepende, porque o governo do barbudão mais acertou do que errou. Contudo, não perdoou o fato do governo federal não ter se esmerado nas obras de recuperação do Vale do Itajaí – castigado pelas enchentes medonhas de 2008.

Mudou os ares?

No ano passado, o intisicado do Denísio Dolásio Baixo batia na TV Brasil Esperança que o então secretário de Turismo de Balneário Camboriú, o Mazoca, mandava despejar os mendigos em Itajaí. Agora, surge a notícia de que Itajaí andou despachando uns pedintes pra Maravilha. É chumbo trocado?

Tudo certo…

Engraçado como a bonitona secretaria de Mal Estar, ops!, Bem Estar Social, Rosane Casas, afirma que tudo não passou de um mal entendido e o ensaboado chefe de gabinete, Edson D’Ávila, garante que tá tudo certinho. Nem precisa investigar e nem nada, como declarou ao DIARINHO, na edição de ontem.

Fogo nas ventas

Já o chefão da secretaria de Inclusão Social de Balneário Camboriú, o Maraschin, foi pra delega e registrou um boletim de ocorrência. E registrou porque tudo não passou de uma bobagem, como alega o pessoal de Itajaí? O sujeito tava aqui devarde e foi levado pra Maravilha, onde tava sua família. Só isso…

Muito além do jardim

O advogado Carlos César Pereira afirma que não desistiu da ação contra o porto, prefa e mais uma de gente graúda. Dá nos dedos ao questionar o posicionamento do juiz que fez o edital de desistência, afirmando que ele já teria se posicionado incompetente, porque a ação é de cunho federal.

O chumbo continua

Carlos César Pereira diz que continua na briga e que tem duas ações. Uma na dona justa Federal, envolvendo agora a União. E outra na Justa Estadual, questionando o aluguel de um imóvel pelo porto, que alegou que não tinha grana pra desapropriar e, depois, teria estrebuchado oito vezes o valor da bagaça.

Na unha do Teconvi

Cesário diz que está enfrentando um perrengue medonho, mas que o intuito maior é chamar na chincha o Teconvi sobre sua responsabilidade pela reconstrução do porto. Além de questionar o que não foi feito e que teria ocasionado o despingolamento do cais durante a enchente. É briga de cachorro grande.

Vou de buso

Essa história do prefeito do outro lado da vala, Bob Carlos (PSDB), chamar uma audiência pública pra discutir a problemática do transporte urbano, parece piada pronta. Afinal, chamar o pessoal um dia antes de emitir o edital de concorrência pública, parece conversa pra boi dormir. Para com ilso, Bob!

Dor na barriga

Outra historinha engraçada é a contratação com dispensa de licitação de uma empresa por quase quatro mil reales pra fazer clipping eletrônico nos diários de Santa Catarina das intimações judiciais. Estou com dor na barriga de tanto rir. Assim não dá! Assim não pode!

Carne nos dentes

As línguas afrouxadas de plantão estão só na espreita para saber o que vai rolar no churrasco do PP, na sexta-feira, no Clube Tiradentes. Será que todos os que ficaram na estrada e não foram lembrados pelo homem dos galináceos, prefeito Jandir Bellini, vão se confraternizar numa buena?

  •  
  • Categorias: JC

Deixe uma Resposta