• 15 jan 2010
  • Postado por Tiago

Sarta capeta! Desaloja!

Os linguarudos de plantão não são fáceis. Rola piada de que o pastor Nilson de Oliveira foi orar por uma irmã que tava até à espinha de dívidas. Ele botou a mão na cabeça da desafortunada e começou: “Sai capeta, desse corpo, saiiii!!! Desaloja! Desaloja!”. A mulher desesperada não se conteve: Pernambucanas, Casas Bahia, Salfer… Oh, dor! Oh, vida!

Tô aqui!

O Artur de Jesus, que amava Volnei e que agora ama Jandir, afirma que não faz pressão e que tá muito bem na zona. Zona Rural, que fique bem entendido, na Itaipava, onde ele é sub-prefeito. Jura com os pés juntinhos que não almeja ir pra Codetran (quando diz que não, é porque quer…), mas é governo e se o prefeito precisar…

Não penso nisso…

O vereador Níkolas Reis – ou como diria o véio Elói Camilo da Costa (PMDB): o menino de ouro do PT – diz nem o partido dos Trabalhadores e muito menos ele cogitaram tal hipótese de no futuro ser vice do Jandir Bellini (PP). Garante que não tem nada a ver e que o foco é a sua pré-candidatura à câmara federal. Certo, então!

Longe, mas pertinho

O gorducho presidente do PTB de Itajaí, João Armando, que tá lá longe, em Madri, na Espanha, assegura que não existe papo na sigla para voltar ao convívio do governo JB. Armando deixou no ar que a porta não está totalmente fechada. Hummm…

Oposição ao Bob

O PMDB de Navegantes decidiu não se acasalar com o PSDB do prefeito Bob Carlos. O pessoal do mandabrasa queria cinco secretarias e 100 cargos. Além disso, o ex-presidente da câmara, Hugo Chavez, ops!, Alcides Reis Pêra, o Cidinho, teria ficado amuado com a reviravolta.

Num brinco mais!

Cidinho queria ser secretário de Educação e, como tava tudo certinho, pensou que podia guardar o terno de eterno presidente da casa do povo dengo-dengo. Ele tinha mandado fazer uma baita beca novinha. Só que lhe barraram no baile, antes de a festa começar. Agora, que perdeu a cadeira, não quer mais brincar. Tadinho!

Gulosinho, hein!

É de se perguntar como é que fica um dos mentores que mais lutou para que o acasalamento PMDB-PSDB acontecesse, o deputado estadual Debinha Malvadeza (PMDB). Afinal, imaginem o que aconteceria com o governo se Bob desse a Educação e a Obras? O mandabrasa navegantino anda guloso, guloso…

Lá sim, aqui…

O prefeito Bob Carlos (PSDB), do outro lado da vala, Navegantes, declarou há um tempo que no seu governo não ia ter essa história de ponto facultativo e horário de verão. Os alcaides da região alegam que o horário promove economia. Ora, a prefa dengo-dengo trança as pernas por falta de grana. Mas não economiza no trampo. Já por aí…

Kanô, encanou de voltar…

O ex-prefeito de Bombinhas, Claudionor Carlos Pinheiro, o Kanô (PMDB), que está enrolado em 18 processos por improbidade administrativa, anda fazendo um trabalho de formiguinha, indo de casa em casa, cumprimentando e soprando que vai ser candidato ao paço em 2012.

Sisqueceu da bonitona?

Só faltou combinar com a ex-vereadora bonitona, Ana Paula da Silva, a Paulinha (PDT), já que os dois são unha e carne. Se vierem juntos, levam uma surra. Separados, um rouba voto do outro. Será que estarão fadados a perder para uma terceira via, vinda de fora de Bombinhas?

Assim não dá!

Alguém da prefa da Capital do Marisco, Penha, precisa se antenar e observar melhor a conduta da secretária de Turismo, Larissa Andrade. Como o DIARINHO emplacou esta semana, é imoral e pra lá de antiético a empresa da secretária estar na ponta de lança da divulgação da festa do Marisco.

Para, né!

É uma historinha que não cheira nada bem e ainda mais quando o cara metade da secretária, que é sócio da Rotas da Comunicação, também aparece para dar aquela forcinha. Será que tudo isso é por amor pela Penha? Pelo que eu sei, não tem ninguém que trabalha de graça. Nem relógio…

Vai melhorar…

O porto de Itajaí teve um baita prejuízo no ano que passou. Vai ficar no vermelho em 13 milhões e 500 mil. O preju é decorrente dos berços detonados, do atraso das obras e, principalmente, dos problemas na dragagem. Quem não se lembra da droga da draga Derci? Agora, parece que a coisa tá andando…

Espaçosos

Agora, não dá para esperar que os dois berços fiquem prontos este ano. Do jeito que a engronha vem seguindo, se terminarem um este ano, tem que ajoelhar e agradecer a Deus. A solução é colocarem uma porrada de gente pra trampar. E tem outro probleminha que será resolvido na semana que vem em Brasília: a empresa quer espaço pra tocar a obra. E lugar do jeito que querem, só se parar o porto. O que não phode de jeito nenhum!

Saber perder

A posse da nova diretoria do sindicato da Estiva aconteceu no auditório do porto de Itajaí, na quarta-feira. O ex-presidente Saul Airoso, com a desculpa esfarrapada de que tinha que dar uma palestra, deitou o cabelo (por conta do Porto?) pra São Sebastião, no Rio de Janeiro. Tem que saber ganhar, mas, sobretudo, perder…

Que o diga o fujão…

Quando o advogado Gaspar Laus deixou a superintendência do Porto de Itajaí pro alemão Arnaldo Schmitt (PMDB), ele, no blablablá do discurso, fez questão de dizer que tava entregando a chave do terminal. Tudo para cacetear-lhe a espinha. Já que Schmitt carcou e não passou o cargo para o Jandir Bellini (PP), no início de 1997. Daí o apelido de fujão.

Vela pra dois

O prefeito veião de Barra Velha, Samir Mattar (PMDB), anda cantarolando as verbas aprovadas para o município pra uma série de obras. São mais de R$ 2 milhões que serão investidos na obra do mercado público, na boca da barra do rio Itapocu, drenagem no rio Cancela, entre outras. Samir anda acendendo uma vela de agradecimento aos deputados federais Décio Lima (PT) e José Carlos Vieira (PR) pela ajudinha.

  •  
  • Categorias: JC

Deixe uma Resposta