• 23 jan 2010
  • Postado por Tiago

Nem tchum

Existe a possibilidade de que a leleia nem se coce para apreciar a licença pra poder lascar processo no lombo do vice-governador atucanado Leonel Pava (PSDB). Tudo por conta do procurador geral de Justiça do Estado, Gercino Gomes Neto.

É inconstitucional

Gercino questiona, na Procuradoria Geral da República, a legalidade do artigo 40 da constituição estadual, que obrigaria o aval das excelências excelentíssimas estaduais para que possa ser aberto um processo contra o vice-governador. Gercino, em férias, teria já preparado em dezembro a ação de inconstitucionalidade (Adin), que encaminhou agora, depois do recesso da dona justa.

Muierada no comando

A vereadora Susi Bellini (PP) tava com a boca esticada até as zóreias com a presença da deputada Ângela Amin (PP) em seu gabinete, que ficou pequeno para comportar os alegres meninos e meninas da imprensa local. Ângela respondeu de tudo e mais um pouco e revelou que tem conversado com muitos prefeitos pelaí.

PMDB é o alvo

A tia Ângela, como nomina o turco Amin, disse que bateu um lero com o prefeito João Paulo Kleinübing, que veio em nome do DEM. Assim como esteve com Carlito Merss, prefeito petista de Joinville. Centrou as baterias no PMDB, que seria, segundo Ângela, a sigla a ser combatida como oposição.

Respeita, mas não faria

Ângela afirmou que respeita a aliança do ex-homem dos galináceos, prefeito Jandir Bellini (PP), com o mandabrasa peixeiro, mas garante que não faria de jeito e maneira. Quem não deu as caras – e a Susi diz que convidou – foi o topetudo Osvaldo Gern (PP). Pode ser que rolou um encontro depois, na visita à Brasil Foods. Longe dos holofotes?

Tá em cima

Assessores do prefeito Edson Periquito (PMDB), da Maravilha do Atlântico, afirmam que o homem-pássaro tá agilizando, sim, a abertura do hospital Ruth Cardoso. Segundo informações, em dezembro o alcaide enviou à câmara o pedido para autorizar licitação pra contratação de uma organização social pra tocar o hospital, que tá pronto, mas paradinho, lá no bairro das Nações.

Se cocem, pô!

Agora depende apenas da aprovação dos edis da Maravilha do Atlântico para que o Ruth Cardoso comece a operar. Em recesso, as atividades só retornam em fevereiro. Segundo os abobrões da prefa, Periquito criou em 2009 uma comissão, formada em conjunto com os vereadores, pra descobrir a melhor forma de administrar o hospital. E duas excelências são da oposição.

Biguaçu

Outro papo que rola é que o hospital que vai ser construído em Biguaçu será de cunho regional, muito diferente do Ruth. Lá, o burgomestre do PMDB só vai botar a obra pra cima com a ajuda de outros seis municípios da região. Na Maravilha tem o Santa Inês que atende uma porrada de cidades e não recebe um puto a mais por isso. Sozinha, Biguaçu não faria hospital algum, dizem as línguas frouxas dos altos da rua Dinamarca.

Segurar a onda

Uma reunião com os moradores do Limoeiro, promovida pelo vereador Marcelo Werner (PCdoB), com a presença de mais de 150 pessoas e que também contou com o chefão do Semasa, o Flavinho Farias, foi o pontapé inicial pra segurar a sanha de uma empresa de Curitiba, que ameaçava detonar com a nascente que abastece o bairro.

Brecou tudo

Na tarde de ontem, o Flavinho e o Nilton Dauer, da Famai, estiveram no Limoeiro pra guentar as máquinas da empresa que já estavam no meio do mato pra promover a derrubada de mata nativa, o que, além de judiar ainda mais da natureza, ia prejudicar o abastecimento de água pra mais de 980 famílias.

Pré-engomadinho…

O vereador engomadinho Clayton Batschauer (PR) tá em estado de graça. Ontem, reunido com caciques da sigla, como Nelson Goethen e José Carlos Vieira, ficou decidido que Clayton é pré-candidato à leleia. Quer porque quer estar com os glúteos na estofadinha cadeira da Alesc, em 2011.

Num quer

Tem gente querendo comprar briga grande na secretaria de Educação da Maravilha do Atlântico. A dona Zélia, uma das diretoras, que é ligada ao vereador e xerife nas horas vagas, Nilson Probst (PMDB), não quer uma barnabé em seu departamento.

Estica e puxa

O problema é que a moçoila seria indicação do líder do governo na casa do povo e dublê de novela mexicana, Claudir Maciel (PPS), e teria ainda a simpatia de mais duas excelências excelentíssimas. E agora? De um lado o dublê e do outro o xerife? Que coisa, meu Pai eterno!

Perrengue de entrada?

A bonitona Christina Pink Barichello (PPS) foi nomeada secretária de Educação da Maravilha do Atlântico é já tem uma baita dor de cabeça. As monitoras das creches decidiram que no dia 28 de fevereiro cruzam os braços se não tiverem atendidas suas reivindicações. Dizem que vão fazer até um griteiro nas ruas. Oh, dor!

  •  
  • Categorias: JC

Deixe uma Resposta