• 06 fev 2010
  • Postado por Tiago

Justiça tributária

Quando se toca na questão de puxar pelo bolso é um Deus nos acuda. E a questão do IPTU, é essa realidade. Era e necessário o reajuste da planta genérica dos imóveis de Itajaí. O governo foi burro, lerdo e pouco eficaz em não mostrar a realidade e a bendita isenção.

Aos borbotões

Ontem, durante a reunião entre o prefeito, sabichões e os vereadores de situação, ficou decidido que quem ganha até quatro salários mínimos tá livre, e isso independe de ter uma caranga nova. Com isso, a isenção vai se estender pra milhares de casas. Tem que levar pros bairros, entregar os carnês e conscientizar as pessoas.

Porra nenhuma

Vou entender apenas se o sujeito chegar e disser que não deseja pagar porque o governo não faz porra nenhuma ou se faz, é apenas o dever de casa, o trivial, a mesmice. Aí, por mais que não seja aceitável o não pagamento, seria, no mínimo, compreensivo…

Tomei no IPTU!

Quem anda rindo à toa com essa baita tropeçada do governo é o ex-prefeito barbudinho Volnei Morastoni (PT), que almeja ser candidato à leleia. E o perrengue estourou pesado na câmara. O véio Elói Camilo (PMDB) diz que enganaram o prefeito e ele, também.

Oh, dor medonha!

Já o vereador Paulinho Amândio (PDT) debulhou que nessa história de que foi enganado começou com o Lula (não teria sido já no tempo do Alvares Cabral?). “Se eu sabia, como o prefeito não sabia?”, descascou o brizolista para, na continuidade, repetir frase dita pelaí: “Votei no Jandir e tomei no IPTU!” Uuuiiiiii!!!

Questão de justiça

O vereador Marcelo Werner (PCdoB) também acompanhou a votação do BOPE, na rejeição do projeto que aumentou a planta genérica dos imóveis de Itajaí e provocou o perrengue do IPTU

É nóis na fita!

A reunião de quinta-feira da associação Nacional dos Jornais (ANJ) aceitou como o seu mais novo associado o Diário do Litoral, o nosso DIARINHO de todos os dias. O jornal pleiteava a filiação desde 2004. Tim-tim pra viadagem do jornal mais porreta do sul do mundo!

Eita secura!

É necessário que o Semasa dê solução pra gritante falta de água em Itajaí. Não ajuda e nem adianta explicar. O que não pode é a galera não ter água nem pra lavar o rabo na city peixeira. Imaginem o fedor danado da suvaqueira?

Fora folgados!

Tarcízio Zanelato, secretário de Obras, garante que teve mais uma porrada que levou mijada do Jandir Bellini (PP), na última reunião. Assim, como jura que mandou brecar a lavação dos possantes na Obra pela falta de água. Quando melhorar, volta. “O que não volta são os folgados que querem lavar os carros particulares”, debulha Zanelato.

PP: problema de pinto?

Aliás, o Zanelato, que cria pintos na Itaipava, tá enfrentando um suador danado com o calor medonho. As galinhas esfogueadas não querem saber de nada. Os galos, menos ainda. Não trepam. Aí, os ovos não aparecem e os pintos não nascem. É mole ou querem mais?

DEM lá

Acordo praticamente selado entre a direção do Democratas da Maravilha do Atlântico e o homem-pássaro, prefeito Edson Periquito (PMDB), já causa repercussões nos bastidores da política da Santa & Suada Catarina. É que o DEM, além de ser oposição na casa do povo, concorreu contra o alcaide na eleição municipal de 2008.

Nitz era vice

O empresário Nelson Nitz (DEM) era vice na chapa encabeçada pelo deputado estadual Dado Cherem (PSDB). E os observadores mais tinhosos lembram, ainda, que foi o DEM que assinou representação pedindo a cassação do diploma de Periquito, alegando uma porrada de problemas nas contas da campanha.

Chega com tudo

Pelo acordo atual, o DEM ganha uma secretaria que pode ser ocupada pelo vereador Orlando Angioletti ou pelo empresário Narbal de Souza Júnior, o Babau, da rede Menina, principal opositor do grupo do atucanado vice-governador Leonel Pavan.

Tudo certinho

O mais interessante é que o vereador Orlando Angioletti já admitiu que as costuras têm o aval da alta cúpula estadual do DEM, por meio do deputado Paulinho Bornhausen e do senador Raimundo Colombo. Em outra ponta das negociações políticas, o prefeito flerta com lideranças vermelhinhas.

Corda de duas pontas…

Periquito já recebeu a vista de nomes estrelados do PT e apoio explícito pra cavocar recursos em Brasília da senadora Ideli Salvatti, do deputado federal Cláudio Vignatti e do ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu. Já nos bastidores, Periquito defende a aliança PT-PMDB.

Samba maluco

Periquito abre os braços pra apoiar Eduardo Pinho Moreira (PMDB) ou Ideli Salvatti (PT) pra cabeça de chapa, com palanque pra Dilma Rousseff à presidência da República, no município. Ou seja, trata-se de um verdadeiro samba do crioulo doido, fazendo jus ao mais do que surrado ditado de que, em política, tudo é possível…

  •  
  • Categorias: JC

Deixe uma Resposta