• Postado por Tiago

O Joinville, um dos grandes times do estado, oito vezes seguidas campeão catarinense, voltou a dar lampejos de que pode voltar a ser grande. Pelo menos por enquanto. Sábado, já com uma vantagem de 2 a 0 no placar, após ter vencido o Metropolitano no primeiro jogo da final, o JEC voltou a derrotar o time de Blumenau, dessa vez por 1 a 0, em Joinville, e conquistou o título da copa Santa Catarina.

Com isso, a equipe da Terra das Bailarinas ganhou uma das vagas catarinenses na série D do Brasileiro do ano que vem e vai ter a companhia do Marcílio Dias na competição nacional. Times de grande rivalidade, Marinheiro, que rebaixou o JEC pra divisão especial em 2007, e Joinville vão reacender o clima de clássicos regionais em 2010.

No jogo de domingo contra o Metrô, o centroavante Lima fez o único gol da partida, o 15º dele na Copinha, e o Joinville quebrou um pequeno jejum sem títulos. O último rolou em 2007, quando ganhou a divisão especial. Naquele ano, o campeonato foi disputado por apenas quatro times. Mais do que isso, o Joinville voltará a disputar uma competição nacional, fato que não rolava também desde 2007, quando jogou e foi rebaixado da série C.

Comandado pelo uruguaio Sérgio Ramirez, técnico que já passou pelo Marcílio, o JEC garantiu o tão sonhado “calendário cheio” pra 2010. Mas antes do Catarinão e da série D, o time vai jogar a recopa Sul-brasileira, mesma competição que o Marcílio levou em 2007. Neste ano, a recopa, que começa sexta-feira e acaba domingo, vai rolar em Votorantim, interior de São Paulo, e terá também a participação de Serrano/PR, Votoraty/SP e Internacional B/RS.

  •  

Deixe uma Resposta