• Postado por Tiago

As estradas que separam Joinville de Chapecó certamente servirão de concentração pra delegação da terra das bailarinas nos Jasc. Os esportistas da Manchester catarinense esperam voltar pra casa com várias medalhas no peito. Com 270 atletas, a equipe de Joinville saiu do Norte do estado às 23h de ontem. Os primeiros no Oeste são os atletas de tiro, punhobol, handebol, ciclismo, caratê e basquete. No total, Joinville vai participar de 23 modalidades. “Nosso maior objetivo é buscar ser o melhor em cada modalidade para somarmos pontos e pontuarmos entre os primeiros”, diz Carlos Israel, gerente-técnico da delegação.

Favorito ao ouro, o basquete masculino vive um dilema, porque joga contra o Flamengo, pelo campeonato Brasileiro, no sábado. Com isso, o time comandado por Alberto Bial vai se dividir pra jogar os dois torneios. A estreia nos Jasc é amanhã, às 17h30, contra Concórdia. Como dá prioridade pro Brasileiro, Bial vai deixar em Joinville seus principais jogadores, como Manteguinha e Shilton. Nove atletas viajam hoje pra Chapecó.

Reforço “estrangeiro”

Sede dos Jasc pela segunda vez em cinco anos – sediou em 2005 –, Chapecó sonha em ficar entre os três primeiros, diferente do 12º lugar de 2007. É o que garante Murilo de Farias, diretor de modalidades de Chapecó, que contratou um baita reforço pra city, o mesatenista olímpico Hugo Hoyama. Recordista brasileiro de medalhas de ouro em jogos pan-americanos, com nove, a expectativa é de que o japinha leve Chapecó às primeiras colocações nos Jasc.

  •  

Deixe uma Resposta