• Postado por Tiago

A polícia Militar de Itajaí prendeu na tarde de ontem o trafica Jonatan Travasso, 24 anos, figura mais conhecida que moeda de um real, no meio policial peixeiro. O mequetrefe tava fugido da penitenciária de São Pedro de Alcântara, na região da Grande Florianópolis, há três meses.

A prisão rolou perto do bar do Valério, próximo ao cadeião, no Matadouro. Com ele também foi preso o catador de papel Reinaldo Francisco da Silva, 46, que carregava um trabuco ilegal.

A ação da polícia aconteceu ontem por volta das 15h. A PM foi chamada para atender uma ameaça de arma de fogo na rua João Dalmolin, perto da BR-101, na Canhanduba, descobrindo o malaco. Ao perceber a chegada dos milicos, Jonatan deu a arma pro catador de papel. Como Reinaldo tava com o revólver Taurus calibre 38 carregado com cinco munições debaixo do braço, não conseguiu se livrar da cana. Depois de doar a arma, Jonatan deitou o cabelo em direção ao Matadouro, onde foi preso.

Jonatan é velho conhecido da polícia, e tem diversas passagens por tráfico de droga. A última vez que caiu nas garras dos hosmisdaei foi em abril de 2007 com 46 pedras de crack e 10 porções de maconha. Atualmente ele tava chefiando uma boca na Canhanduba.

A ficha do malaco é bem extensa, tendo em 2003 caido por roubo e em 2006 e 2007 por tráfico. Desde o dia 13 de agosto tava foragido da Penitenciária de São Pedro de Alcântara. O malaco aproveitou a folga do indulto de Dia dos Pais e não voltou mais para jaula. Depois que fugiu da penitenciária, voltou a traficar em Itajaí.

  •  

Deixe uma Resposta