• Postado por Tiago

“Como a maioria das ruas de Camboriú, o calçamento foi pago por nós, moradores”, contou a jornalista Alexandra Gonzalez Santos, depois de ler a denúncia publicada pelo DIARINHO no dia 28 de abril, em que o povão reclama que a rua Vitor Juvêncio Mafra foi calçada pela metade no centro de Camboriú. Para ver a rua calçada, ao menos na frente da sua casa, Alexandra e os vizinhos pagaram R$ 1800 cada um pr’uma empresa terceirizada. “A prefeitura entra com quase nada. Só com a areia”, reclamou. Na reportagem, constava a prefeitura como autora da obra.

O secretário de obras, José Pedro Costa, confirma a informação. “É um projeto de pavimentação em parceria. Porque o município não tem condições de fazer sozinho, e nem o povo”, diz. Zé Pedro garante que informou ao DIARINHO da parceria. A reportagem diz que não. Pelo disse não disse, os editores deixaram o repórter de castigo no milho.

  •  

Deixe uma Resposta