• 15 maio 2009
  • Postado por Tiago

Are Baba! Aplica na poupança da Juliana!

“Tira da poupança e bota no fundo.’ UEBA! Brasileiro tem fixação por bunda até em economia!

BUEMBA! BUEMBA! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República! Direto do País da Piada Pronta!

O Sarney me pregou um susto! Olha a manchete: ‘Sony registra prejuízo pela primeira vez em 14 anos’. E em vez de Sony eu li Sarney: ‘Sarney registra prejuízo pela primeira vez em 14 anos’. Susto! Aí, sim, a crise teria chegado ao Brasil!

E o chargista Duke mostra os novos horários da Fórmula 1. Um piloto pergunta pro outro: ‘Que horas são?’. ‘Duas horas, três minutos e um rubinho barrichello.’ Rarará! ‘Faltam quatro minutos e dois rubinhos barrichellos pra largada!’

E a poupança? Are Baba! Vou aplicar na poupança da Juliana Paes! Um amigo pediu pra avisar pro Mantega que ele não tem dinheiro nem na poupança, nem no fundo, NEM NA CARTEIRA! Mas, um dia, ele vai ficar rico e famoso como o Raj e aplicar na poupança da Maya!

E notícia econômica é a coisa mais democrática do mundo: ninguém entende nada. E o contador: ‘Tira da poupança e bota no fundo’. UEBA! Brasileiro tem fixação por bunda até em economia! E aquele comentarista da Globo, o Sardenberg? Que língua ele fala? Em economês arcaico?!

E aí apareceu outro economista: ‘A poupança não é atraente’. É porque não viu a da Juliana Paes. A poupança da Juliana Paes é tão polpuda que quando chove só molha a parte de cima, tipo marquise! Parece o Pão de Açúcar. Um abuso de autoridade. É uma afronta ao nu frontal. Rarará!

E veja as principais dúvidas sobre a nova poupança no blog do Ciro Botelho: 1) Com as novas regras, a poupança continua atraente? Se for a da sua mulher, não. Mas, se for a da Mulher Melancia, sim. Por isso que o Lula quer mexer na poupança. Dona Marisa versus Rita Cadillac!; 2) Tô duro, devo aplicar nos fundos? Sim, mas com Mantega; 3) Qual o melhor investimento pra 2010? Sei lá, tenho duas bolas, mas nenhuma de cristal!

E tinha uma propaganda antiga da poupança, um cofrinho porquinho, e o povo gritava: ‘O QUE IMPORTA É O PORQUINHO!’. Gripado. A poupança tá gripada! Rarará!

Antitucanês Reloaded, a Missão. Continuo com a minha heroica e mesopotâmica campanha ‘Morte ao Tucanês’. Acabo de receber mais um exemplo irado de antitucanês.

É que em Curitiba acabaram de lançar um Viagra para padres e bispos: AMÉM DOIM GRILO! Mais direto, impossível. Viva o antitucanês. Viva o Brasil!

E atenção! Cartilha do Lula. Mais um verbete pro óbvio lulante. Hoje não tem. Fechado por motivo de preguiça! Rarará! O lulês é mais fácil que o ingrêis. Nóis sofre, mas nóis goza. Hoje, só amanhã. Que eu vou pingar o meu colírio alucinógeno!

  •  

Deixe uma Resposta