• 25 jun 2009
  • Postado por Tiago

Senado! Eu lavo e você enxuga!

Continuo com a gripe Sarney: aquela que pega um e leva a família inteira! Rarará

BUEMBA! BUEMBA! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República! Direto do País da Piada Pronta!

Continuo com a gripe Sarney: aquela que pega um e leva a família inteira! E eu sei como resolver o problema do Senado: VOCÊ LAVA E EU ENXUGO! Vai demorar quantos anos? Rarará! E uma amiga comprou um remédio antipulga e adivinha o nome do médico responsável? Mário Eduardo PULGA! É um serial-killer. Quer acabar com a descendência! E a família Sarney é pior do que pulga em sala de espera de veterinário. Sempre pula mais uma! E achar parente do Sarney em cargo público é fácil, o difícil é determinar quem não é! Rarará. E o blogdobonitao revela o castigo da Roseana: ficar no MSN com o Artur Virgílio. Rarará. Eu preferia a cadeira elétrica! E essa: britânico é ressuscitado após 12 choques com desfibrilador. É o Sarney! Rarará. Comentário do humordazz: parece o Sarney, ora é ressuscitado, ora é crucificado! E o patrão de uma amiga minha tá dando tanto coice que já tão dizendo que ele tá com a Gripe Equina! E aquele surreality show A Fazenda? Tão praticando zoofilia: comem anta e dão pra burro! A Fazenda! Tão dando pra burro! Rarará!

E três! Dois! Um! Zero! Vou tirar dez dias de folga! Alforria decretada! A Princesa Isabel era uma lady. Vou comemorar o ano da França no Brasil em Paris. Fazer xixi na Torre Eiffel! Aperto o cinto, tomo um lexotan e a turbulência que se dane! Rarará! Em Paris tem mais loja Vuitton que MacDonalds. Tem mais loja Vuitton que agência do Bradesco. Rarará! Até no prédio onde morou Sartre hoje é uma loja da Vuitton. Se ele visse isso não teria escrito ‘A Náusea’. Teria tido uma! Rarará! E adoro francês porque eles não se americanizam. Hamburguer e cheeseburger eles dizem amburgér e chisburgér. E MacDonalds é MacdÔ e George Clooney é George Cluní. Como me disse o diretor da Aliança Francesa: eu tenho problemas com o acento TONIQUE. Rarará. Tem mesmo! E queijo em francês é fromage, casamento é marriage e o Sarney é fuleragem. Rarará! E a definição definitiva de filme francês: um monte de gente pelada discutindo. Rarará. E em Paris ainda tem dois tipos em extinção: socialista e fumante. Rarará. É mole? É mole mas sobe! OU como diz aquele outro: é mole mas trisca pra ver o que acontece!

E atenção! Cartilha do Lula. Orélio do Lula. Mais um verbete pro óbvio lulante. ‘Petit comitê’: reunião de petistas franceses! O lulês é mais fácil que o ingrêis. Nóis sofre mas nóis goza. Hoje só amanhã

Que eu vou pingar o meu colírio alucinógeno!

  •  

Deixe uma Resposta