• Postado por Tiago

Sabe como se chama o porta-voz do papa? Lombardi! O verdadeiro papa é o Silvio Santos!

BUEMBA! BUEMBA! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República! Direto do País da Piada Pronta!

Piada pronta e enlatada: sobreviventes das enchentes do Jardim Pantanal foram transferidos. Pra onde? ESTRADA DO PREJU!

E sabe como se chama o porta-voz do papa? LOMBARDI! O quê? Isso mesmo: Federico Lombardi. Então o verdadeiro papa é o Silvio Santos! Rarará! Já imaginou o papa gritando: ‘É com você, Lombardi!’? Rarará! O Lombardi ressuscitou! E virou porta-voz do papa.

Só que o papa não tem porta-voz, tem porta-joia! E a mulher que empurrou o papa em plena Missa do Galo? Já sei, ela achou que o papa precisava de um empurrãozinho. Pra conseguir terminar a missa! Diz que ela é maluca. Maluco é o papa, que mata o peru e faz missa pro galo!

E como diz um amigo meu: se o papa é contra a camisinha, ele que não use! Rarará! E o site ‘Comentando’ revela como foi a canção de Natal do Congresso: ‘Nooooite Feliz. HO. HO. HO. HOUBAMOS muito em 2009!’.

E essa: Flamengo rejeita ceder Fierro para ter Love!’. Avisa aos flamenguistas que sem fierro non hay love!

A CUECA-BOMBA! Saiu no ‘Corrieri della Sera’: ‘Terrorista nigeriano admite que Al Qaeda lhe deu uma cueca com dois bolsos secretos’. Bin Laden passou por Brasília! Rarará. A globalização da cueca. Tudo escondem na cueca: grana, diamantes, dólares, drogas. E agora bomba! A cueca-bomba! Vou relançar a campanha: temos que resgatar o uso original da cueca! Rarará! É mole? É mole, mas sobe! Ou, como disse aquele outro: é mole, mas trisca pra ver o que acontece!

Antitucanês Reloaded, a Missão. Continuo com a minha heroica e mesopotâmica campanha ‘Morte ao Tucanês’. Acabo de receber mais um exemplo irado de antitucanês. É que na estrada de Petrópolis tem uma churrascaria com a placa: ‘Coma um touro e pague um pinto’. Aí picharam em cima da placa: ‘Coma um touro e cague um pinto’. Rarará. Mais direto, impossível. Viva o antitucanês. Viva o Brasil!

E atenção! Cartilha do Lula. O Orélio do Lula. Mais um verbete pro óbvio lulante. ‘Empapado’: companheiro que não aguenta mais ouvir notícia do papa. O lulês é mais fácil que o ingrêis.

Nóis sofre, mas nóis goza. Hoje, só amanhã!

Que eu vou pingar o meu colírio alucinógeno.

E vai indo, que eu não vou.

Começou a contagem regressiva, macacada!

  •  

Deixe uma Resposta