• Postado por Tiago

O ‘Fantástico’ entrou em ‘Pânico’! E descobri a droga que o Zina usa: a camiseta do Timão

BUEMBA! BUEMBA! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República! Direto do País da Piada Pronta! ‘Papai Noel preso com adolescentes no carro’. E adivinha o nome da cidade? NEVES! Rarará!

E o vestuário feminino com que qualquer mulher sonha: um vestido tomara que caia, uma calcinha tomara que tirem e um sutiã tomara que sustente. Rarará.

E Finados é o Senado. A Turma do Já Morreu. O Sarney é um FINADO VIVO! Rarará. E a loira da microssaia? Aquela menina apedrejada pelos UNIVERSOTÁRIOS da Uniban por estar vestindo uma microssaia! Socuerro! A Uniban virou TALEBAN! Rarará! Os universotários da Taleban! E eu vi a foto da menina: loira farmácia com micro roxa. Gongada no ‘Esquadrão da Moda’! Rarará!

Finados é o ‘Fantástico’! Que tá morrendo. O site Eramos6 tem algumas sugestões pra aumentar a audiência do ‘Fantástico’: ressuscitar o Cid Moreira, o Mr. M e a zebrinha! Rarará. Ou então bota a Patrícia Poeta pelada.

E contrata o Vesgo, o Ceará e a Sabrina Sato. O ‘Fantástico’ entrou em ‘Pânico’! E descobriram a droga que o Zina usa: a camiseta do Corinthians. Rarará.

E o Rubinho, hein? Ganha pra não ganhar nada! Rarará! E essa deu na Folha de sábado: ‘Morcegos fazem sexo oral para prolongar a relação’. É o batboquete! Rarará!

E um amigo meu que foi passar o feriadão na casa da sogra e disse que ela fez três tipos de comida: enlatada, congelada e queimada. Rarará!

É mole? É mole mas sobe! Ou, como disse aquele outro: é mole, mas chacoalha pra ver o que acontece!

Antitucanês Reloaded, a Missão. Continuo com a minha heroica e mesopotâmica campanha Morte ao Tucanês. Acabo de receber mais um exemplo irado de antitucanês. É que em Aveiro, Portugal, tem uma loja infantil chamada Brincando, Cresce.

Não resta a menor dúvida: Portugal é o berço do antitucanês. O Brasil apenas tropicalizou. Mais direto impossível. Viva o antitucanês! Viva o Brasil!

E atenção! Cartilha do Lula. O Orélio do Lula. Mais um verbete pro óbvio lulante. ‘Desmaiô’: o companheiro Lula viu a dona Marisa de maiô e DESMAIÔ. Rarará.

O lulês é mais fácil que o ingrêis.

Nóis sofre, mas nóis goza.

Hoje só amanhã.

Que eu vou pingar o meu colírio alucinógeno!

  •  

Deixe uma Resposta