• Postado por Tiago

INTERNA-ABRE-PAG-22---s---volei-de-praia-em-itj---premiação---foto-Geremias-Junior-CBV-18.10.09

Campeões foram premiados logo após as finais na Atalaia

O apoio de amigos e familiares foi fundamental pra que Josi e Leize vencessem a etapa peixeira do circuito Estadual Banco do Brasil de Vôlei de Praia, espécie de segunda divisão do circuito nacional. Nas areias da Atalaia, em Itajaí, no último domingo, a dupla de Balneário Camboriú mandou baita bem e faturou seu primeiro título da competição na temporada.

Segundas colocadas na etapa de Vila Velha/ES, em maio, Josi e Leize se empolgaram por jogar em casa e não deram nenhuma chance pra Evelyn e Fabíola, do Distrito Federal, na decisão. As catarinenses arrasaram e fecharam o jogo em 2 sets a 0, com parciais de 18/6 e 18/11. ?Estamos dando preferência por jogar o circuito nacional, mas queríamos muito jogar aqui. É muito bom jogar na sua terra?, fala Josi.

Agora, a missão da dupla é o principal circuito brazuca, que rola em Recife/PE, do dia 28 deste mês a 1º de novembro, quando devem entrar no torneio qualifying. ?É muito bom jogar perto de quem a gente gosta. Ficamos felizes com o título?, completa Josi.

Outra chance de medalha catarina poderia ter saído com Karen e Giorgia, mas as minas perderam a disputa pelo bronze. No masculino, deu Marcos Cabral e Daniel, do Rio de Janeiro. A próxima etapa do circuito estadual rola em Minas Gerais, em novembro.

Maior conquista da carreira

Enquanto Josi e Leize brilhavam em Itajaí, Keko e Nelsinho faziam história no circuito nacional, em João Pessoa/PB, também no findi. Depois de passar pelo qualifying, os dois entraram na fase principal e logo de cara pegaram os campeões olímpicos de 2004, Ricardo e Emanuel. Mesmo assim, Keko e Nelsinho venceram os phodões. ?Nunca a gente ia imaginar ganhar, ainda mais na casa deles. A arena tava lotada torcendo pros caras, eles estavam imaginando uma festa aqui?, conta Nelsinho, que fica treinando com Keko até a próxima etapa, em Recife. Mesmo caindo nas quartas-de-final pra Franco e Nalbert, o resultado deve fazer a dupla entrar no próximo torneio principal sem passar pelo qualifying.

  •  

Deixe uma Resposta