• Postado por Tiago

Hoje de manhã, os universitários que se inscreveram no Projeto Oásis começaram a dar uma bizolhada nos bairros São Vicente e Cordeiros pra tomar ciência do que a comunidade pensa e precisa.

As equipes participaram de um jantar na noite de quinta-feira, 23, com a barnabezada da secretaria de Educação e demais convidados. Os voluntários estão acampados no Centro Educacional Cacildo Romagnani (CAIC), no bairro São Vicente, e na Escola Básica Melvin Jones, em Cordeiros, onde devem ficar até dia 29 de julho.

Durante esta tarde, os voluntários construirão maquetes, mostrando como deve ficar o trabalho a ser feito por eles nesses dias.  Todo o material necessário, como areia, tijolo, grama e flores, estão sendo doados pela comunidade, secretarias da prefeitura, entre outros. O mutirão inicia neste sábado, 25, quando todos os envolvidos vão literalmente botar a mão na massa.  A intenção é construir jardins próximo das escolas e revitalizar as praças frequentadas pelos moradores.

Oásis é um movimento em rede que, por meio de esforços conjuntos dos moradores, universitários de todo país e colaboradores, fazem a revitalização de um espaço público, de acordo com a vontade da comunidade, utilizando apenas recursos doados pelos envolvidos.  O movimento nacional envolve seis cidades de Santa Catarina afetadas pelas enchentes em novembro do ano passado. São elas: Itajaí, Blumenau, Brusque, Ilhota, Itapema e Navegantes.

No dia 29 de julho, os 600 voluntários se reunirão em Blumenau, onde vão fazer um balanço do trabalho desenvolvido nas seis cidades.

  •  

Deixe uma Resposta