• Postado por Tiago

INTERNA-10-ABRE-politica---dario-berger-foto-rubens-flores-16jun09-(1)

Prefeito da capital tá na Zoropa

O tribunal regional eleitoral (TRE) marcou pro dia 24 o julgamento que pode acabar com o reinado de Dário Berger (PMDB) na capital. A ação que tenta tirar o prefeito do cargo é movida pela coligação ?Amo Florianópolis?, que no ano passado perdeu a eleição em Floripa. O candidato derrotado, Esperidião Amin (PP), e sua trupe, acreditam que Dário seja um ?prefeito itinerante?. Dário comandou São José por dois mandatos seguidos e, sem um intervalo que a coligação adversária julga necessário, mudou de domicílio eleitoral pra comandar Floripa, onde também já está no segundo mandato.

O prefeito da capital tá na Zoropa e só volta dois dias antes da sessão. Até lá, seus advogados se preparam pra defender o cliente. A principal alegação é uma consulta feita pelo prefeito ao próprio TRE sobre ele ter mandatos seguidos em cidades diferentes. À época, a consulta foi favorável ao prefeito, que não titubeou e trocou de cidade, concorreu à eleição e venceu por duas vezes.

Contra Dário existe a cassação do prefeito Rogério Farias (PTB), de Porto das Pedras, no interior de Alagoas. Por ser itinerante, o prefeito perdeu o cargo no TRE do estado nordestino. Na tentativa de conseguir silivrar da pena numa instância superior, Farias viu sua expectativa frustrada no Tribunal Superior Eleitoral. O recurso foi rejeitado porque a Constituição afirma que só e possível reeleger-se prefeito por duas vezes.

  •  

Deixe uma Resposta