• Postado por Tiago

A justa mandou pro xilindró o traste que abusou sexualmente dos netos e da filha. Max Schmaus foi preso no início da semana, em casa, em Balneário Camboriú. Pra polícia, ele teria feito a nojeira com a filhinha há 11 anos, e agora tava atacando o netinho.

A delegada Ruth Hein prefere não comentar o caso porque corre em segredo de justiça. A reportagem do DIARINHO conseguiu apurar que o safado vinha abusando de um neto de cinco anos. O menino contou pra família que o monstro o obrigava a fazer coisas que não queria e que lhe machucavam muito.

A parentada procurou a polícia que investigou a treta e pedinchou pra justa a prisão do tarado. O pedido de prisão preventiva, aquela por tempo indeterminado, chegou às mãos da polícia civil que mandou o suspeito pra trás das grades. “Ele foi preso em função do inquérito”, contou dotora.

A equipe de investigação acredita que não foi a primeira vez que Max abusou de um parente. O safado é acusado de ter estuprado a filha, quando era dimenor, e uma neta. Pela bronca, até foi enjaulado, mas tinha conseguido se livrar da jaula.

“Ele já deve ter quitado a dívida que tinha com a justiça, porque o nome não consta mais nenhum mandado em aberto”, explica a delegada Ruth. Se condenado, o traste pode pegar de cinco a 12 anos de prisão pelo abuso do neto.

  •  

Deixe uma Resposta