• Postado por Tiago

Os desembargadores do Tribunalzão de Justiça catarina deram um sonoro não a um ladrãozinho de carros, de Balneário Camboriú, que queria silivrar da jaula. Antenor Silva Vieira foi guentado junto com uma quadrilha que surrupiava carangos e depois usava os possantes pra dar cavalinhos de pau pela city. Ele foi condenado a passar dois anos atrás das grades.

Antenor e seus comparsas já eram velhos conhecidos da puliça Militar. O bando dava um jeito de enganar o sistema de alarme das carangas pra surrupiá-las e depois se exibiam com os possantes pelas ruas da Maravilha do Atlântico, na maior cara de pau.

Quando foram pegos no pulo pelos milicos, era Antenor quem dirigia o carro que conseguiu na mão grande. Ele foi julgado pela dona justa do Balneário e acabou condenado, mas sua defesa recorreu da decisão, alegando que as provas contra o cara eram fraquinhas.

Mas os desembargadores acharam que, como o tanso foi guentado em flagrante, dirigindo um carango que não era seu, não tinha motivo pra sapatear. Os dotôres votaram todos pela permanência de Antenor no xilindró.

  •  

Deixe uma Resposta