• Postado por Tiago

A ladroagem tá buscando novos ares pra siscapulir dos atraques. Dois ladrõezinhos chinélis de Itapema caíram na madrugada de ontem por arregaçar uma joalheria da Penha. A dupla arrombou a joalheria Neon, na prainha de São Miguel, surrupiou joias e simandou. O crime só não deu certo porque os meganhas interceptaram a dupla durante a fuga na BR-101 e prenderam os dois em Camboriú.

Pelas 23h, A.P.S. viu dois bandidos arregaçarem a porta do comércio 4008 da rua São Miguel, na Penha. Enquanto ele chamava os milicos, os caras limparam as vitrines e levaram tudinho. A ação foi rápida. Eles pegaram as joias, montaram numa moto e fugiram em direção à BR.

Os meganhas avisaram toda a rede e tiras dos municípios vizinhos ficaram de olho na rodovia. Horas depois, uma baratinha avistou uma dupla com a mesma descrição passar no Itajaí. Os homis colaram na rabeta dos carinhas e perseguiram por mais alguns quilômetros. Os fardados flagraram Alison Maciel Padilha, 21 anos, e J.R.T., 15, na beira da via tentando jogar uma bolsa fora.

Quando deram o atraque, veio a surpresa: a sacola tava recheada com correntes de prata e joias avaliadas em R$ 2 mil. Os produtos foram reconhecidos como sendo da loja assaltada na Penha. Como os trastes já tavam no município de Camboriú, foram levados pra delegacia de lá. Alison recebeu um flagrante e foi parar no xilindró. Já o dimenor teve que assinar um termo pra sisplicá direto com a justa e foi liberado.

Pelas informações repassadas pela puliça, a dupla vive em Itapema e volta e meia apronta nas cidades vizinhas.

Navegantes

Em Navega, milicos prenderam dois homens acusados de furto, na Meia Praia. No atraque, os homis descobriram que os caras tavam carregando um edredon cheirando a novo e também tavam premiados com discman, relógio de pulso, garrafa de uísque, panelas e outros trecos de cozinha, somando 32 badulaques. Como não gaguejaram na hora de explicar de onde tinha saído toda a bagulhada, foram parar na delegacia da terrinha, onde acabaram liberados por falta de provas.

  •  

Deixe uma Resposta