• Postado por Tiago

Um vagabundomirim foi preso depois de tocar o terror numa família de Porto Belo. Acompanhado de outros três colegas, F. M. S., 17 anos, amarrou as vítimas e fez a limpa na baia. Mas os dias de liberdade do bandidinho acabaram quando ele dava uma banda pelo bairro Areias, em Camboriú.

Os milicos viram o gurizote no quintal de uma casa da rua Tocantins. O moleque melou a cueca e correu pros fundos da baiuca. Os meganhas entraram no terreno e pegaram o minimalaco no pulo. Como é suspeito de meter um assalto em Porto Belo, F. foi levado pra delegacia. Assinou um termo pra responder pela bronca e foi apresentado pra dotôra juíza, no Fórum.

Pelo levantamento dos homisdalei, o moleque já foi preso em fevereiro deste ano por surrupiar motocas na praia do Pinho, na Maravilha do Atlântico Sul.

A polícia acredita que o carinha trampa pro Craca e pro Pulga, dois dimenores de Camboriú que tão barbarizando na região. Na manhã de segunda-feira o mano do Pulga, Samir José de Lima, 21, foi enjaulado depois de meter um roubo num posto de gasosa do Balneário.

O assalto rolou na noite de sábado. Quatro malencarados invadiram a casa 2256 da avenida senador Atílio Fontana, no Perequê, em Porto Belo. Amordaçaram com fita crepe as mulheres e amarraram os homis. Os putos roubaram R$ 4 mil, joias, e bagulhos eletrônicos.

  •  

Deixe uma Resposta