• Postado por Tiago

sacolaoxibioSeparar e reciclar o lixo não é mais novidade. A onda agora é reduzir e até banir o uso de sacolas plásticas, que podem levar mais de cem anos pra se decompor na natureza. As pessoas começam a usar sacolas de tecido reaproveitáveis, mas quando são pegas desprevenidas, como vão transportar as compras ou proteger a roupa que vem da lavanderia, por exemplo?

A lavanderia Restaura Jeans implantou o uso de sacolas oxibiodegradáveis, que se parecem em tudo com as sacolas plásticas normais, mas, por causa da substância D2W, em no máximo um ano e meio ela já sumiu do mapa.

A rede que conta com mais de 200 lojas especializadas em tingimento, limpeza, costura e customização de roupas e tratamento de couro e calçados inova na adoção do produto. “Nossa preocupação com o meio ambiente começa com a recuperação e a reciclagem de roupas, passando pelo tratamento da água utilizada na lavagem e pelos processos de tingimento, realizados quase a seco. Agora, somos pioneiros no ramo a usar plástico oxibiodegradável para embalar e encapar as peças a serem devolvidas aos consumidores”, conta Flavio Conrad, Diretor.

Sacolas retornáveis: mais uma contribuição

Recentemente, a Restaura Jeans também passou a oferecer aos seus clientes a sacola retornável. Ela é produzida em algodão cru, um tecido que não passa por processos como alvejamento, acabamento ou tingimento. Sendo assim, requer pouca água, produtos químicos e energia em sua produção. Com estes lançamentos, a Restaura Jeans pretende diminuir o uso das sacolas feitas de plástico.

  •  

Deixe uma Resposta