• Postado por Tiago

Leonir Malvino Flor Júnior, 27 anos, ligou para o DIARINHO pra dar sua opinião sobre o assunto que muvucou a Câmara de Vereadores da Penha na segunda-feira. Pra Júnior, que assistiu toda a confusão, o vereador Aquiles da Costa (PMDB) não deveria fechar o barreiro da discórdia, porque daquele local está sendo retirado o macadame para as ruas da cidade.

O furdunço que rolou na Câmara é porque o vereador foi denunciar que o maquinário da prefa estava fazendo serviço num terreno particular. O pessoal do PSDB participou em peso na sessão, foi mal-educado e até desligou a luz quando Aquiles foi denunciar o caso. A prefa alega ter aberto uma rua em terreno particular para se chegar num barreiro em troca de macadame. “Agora, os vereadores do outro lado não tão querendo ajudar a cidade”, sirrevolta o leitor.

  •  

Deixe uma Resposta