• Postado por Tiago

No dia 10 de novembro o leitor Celso Praun, 70 anos, comprou um ar condicionado na loja das Casas Bahia da avenida do Estado, em Balneário Camboriú. Até ontem, reclama, nada do aparelho aparecer.“Vai passar o verão e nada de eles entregarem”, reclama.

Seu Celso comprou o aparelho por R$ 700. O leitor conta que deram o prazo de oito dias úteis pra entregar. Seu Celso já ligou quatro vezes para a Casas Bahia e diz que está sendo enrolado, pois sempre pedem para estender o prazo de entrega. O aposentado não chegou a entrar em contato com a Procon, mas foi até o DIARINHO para denunciar o que considera um descaso com os consumidores.

Nena Amorim, diretora da PROCON do Balneário, dá um toque para seu Celso aparecer no órgão de defesa do consumidor o quanto antes. Ela diz que a não entrega do produto é algo inédito pra galera da Procon, que está acostumada a receber reclamações de entrega de produto com defeito ou não devolução na manutenção. “É uma coisa estranha não entregar em 30 dias, mesmo porque deve ser interesse da loja entregar o produto”, diz.

Vão entregar hoje

Vanderlei Reis, gerente da loja das Casas Bahia, diz que no dia da compra seu Celso já foi informado que o prazo de entrega para este aparelho era de 30 dias. O gerente afirma ainda que no sábado o cliente foi informado que a mercadoria seria entregue nesta terça-feira.

  •  

Deixe uma Resposta