• Postado por Tiago

Uma vizinha do seu Guilherme Piana, 87 anos, procurou o DIARINHO pra dizer que não guenta mais presenciar supostos maus tratos com o veinho que mora na rua Leônida Xavier, na Armação, em Penha. O coitado estaria praticamente abandonado pela família e mora com uma filha que não teria condições de cuidar dele. “E olha que eles têm dinheiro”, diz a vizinha, referindo-se aos demais filhos do idoso.

A leitora diz que teria tentado dar banho em seu Guilherme, já que a filha que mora com ele não consegue fazê-lo. Na hora, teriam aparecido outros familiares do velhinho, que impediram a boa ação. “Eu sempre dou banho nele. A gente quer ajudar e olha o que eles fazem”, lamenta.

A vizinha também soltou que até fome pai e filha já teriam passado. “Isso não pode ficar assim”, esbraveja, pedindo uma solução por parte das otoridades do bem estar social.

É fofoca, diz filha

Dioneide Piana, filha que mora com seu Guilherme, disse ao DIARINHO que sabe quem fez a denúncia. Ela garante que vive com o pai em boas condições e que o irmão, Joel Teodoro Piana, atualmente morador do Mato Grosso, ajuda a família. “Ele paga o nosso telefone, dá comida”, explica.

Dioneide afirma que tudo não passa de fofoca de vizinhos com os quais teve uma rusga, recentemente.

Vizinhos podem denunciar

Nelsi Maria Zimmermann Leandro, secretária de bem estar social da prefa, disse que a secretaria desconhece o caso de seu Guilherme. Informou que os vizinhos podem ir até a secretaria, falar com a assistente social Lucimara e oficializar a denúncia.

A assistente anota o endereço e parte pra casa de Guilherme para verificar as condições em que o veinho vive e confirmar se é mesmo verdade.

  •  

Deixe uma Resposta