• Postado por Tiago

Molecada avaiana segue sem perder no Catarinão

Juventus e Avaí se enfrentaram na noite de ontem, em jogo válido pela segunda rodada do Catarinão, no estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul. O confronto acabou empatado em 1 a 1, placar que tirou o Leão da ponta da tabela.

O primeiro lance que levantou a torcida foi do Moleque Travesso. Aos cinco minutos, o meia Luis Miguel lançou o atacante Júlio César, que não conseguiu dominar e o goleiro avaino Renan defendeu.

A equipe do Juventus voltou a assustar no lance seguinte, quando o volante Baiano chutou forte, mas o chama gol avaiano, bem colocado, fez a defesa com tranquilidade.

O Leão estava acuado, mas aos nove minutos deu o seu primeiro rugido. O meia Medina, que é natural de Jaraguá do Sul e foi revelado pelo Juventus, mas agora defende o Avaí, recebeu lançamento e bateu por cobertura. A gorduchinha caprichosamente foi pra fora.

A partir daí o goleirão avaiano começou a se destacar, com duas belas defesas, uma aos 18 e outra dois minutos depois, numa cabeçada queixo no peito do atacante Júlio César.

Mas aos 26, Renan quase entregou o porco depois de cobrar mal um tiro de meta. O atacante Ramon, ex-Figueira, por pouco não abriu o placar.

Não querendo ficar pra trás, o arqueiro André, revelado no Avaí e agora no Juventus, também começou a mostrar serviço contra o seu ex-clube. Aos 38 minutos ele fez uma defesa espetacular de mão trocada, após cabeçada do atacante Cristian. No lance seguinte, o volante Jhonny mandou pedrada de fora da área e ele novamente fez ótima defesa.

No segundo tempo, aos sete minutos, Luis Miguel fez grande jogada e foi derrubado pelo zagueiro Cleiton dentro da área. O árbitro Ronan Marques da Rosa, em cima do lance, marcou a penalidade. O atacante Ramon bateu com categoria e abriu o placar. Desta vez o goleiro Renan não saiu nem na foto.

Com o placar adverso, a molecada avaiana perdeu a cabeça e começou a descer a botinada, tanto que aos 12 minutos o volante Rodrigo Thiesen foi pro chuveiro mais cedo. Mas aos 31 minutos o zagueiro Gabriel chutou firme pra empatar a partida e assumir a artilharia isolada da competição, com três gols marcados.

Após o gol, os garotos do Leão voltaram a equilibrar o jogo, mesmo com um boleiro a menos. Aos 41, o Avaí teve uma cobrança de falta perto da área, mas o lateral Hegon desperdiçou a oportunidade. Cinco minutos depois, no último lance de emoção, o atacante Ramon acertou a trave do goleiro avaiano.

No próximo sábado, às 17h, o Leão volta a campo. Agora com a equipe titular, enfrenta a colonada da Chapecoense, na Ressacada, em Floripa. Domingo, no mesmo horário, o Moleque Travesso recebe o time do Brusque, com o tetracampeão mundial Viola e companhia, no estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul.

  •  

Deixe uma Resposta