• Postado por Tiago

Enquanto tava todo mundo na sombra do tal sigilo judicial tava fácil de achar e entrevistar os suspeitos de envolvimento em mais essa treta. Quando a lista vazou, a turma sumiu. Não apareceu mais ninguém pra falar principalmente sobre o envolvimento do vice governador, que é o que tá mais encrencando, de acordo com a investigação.

O presidente da Assembleia Legislativa, Jorginho Mello (PSDB), falou sobre o assunto. “Lamentamos e vamos ser solidários com o Pavan. Ele vai provar que não tem nada a ver com isso. Eu não acredito que isso o impeça de assumir o governo. Ninguém pode ser crucificado e condenado sem ampla defesa. Eu não acredito que isso vá trazer conseqüências como está sendo alardeado”, garante o deputado.

Na visita que fez na tarde de ontem a Navegantes, o governador Luiz Henrique (PMDB) falou com exclusividade do DIARINHO sobre a situação de Pavan. LHS disse que confia no vice. “Eu confio no meu vice, o conheço há 40 anos. No governo, ele tem sido muito correto em tudo que faz”. Perguntado se o acordo de entregar o governo a Pavan em 5 de janeiro será mantido, LHS disse que é homem de palavra. “Eu sou um homem de palavra, o que eu determino é cumprido”, disse o governador.

  •  

Deixe uma Resposta