• Postado por Tiago

GERAL-2-ABRE---g---lojas-rita-maria-foto-rubens-flores-arquivo-18jun09

Ninguém quis os espaços na primeira licitação

O departamento de transportes e terminais (Deter) lança, até o final deste mês, mais um edital pros interessados em ocupar os boxes do terminal rodoviário Rita Maria, em Floripa.

No ano passado, uma decisão judicial determinou a desocupação dos 63 espaços. Há 12 anos, a turma tava por ali sem que um processo de licitação fosse realizado. Enquanto os empresários tentavam uma maneira de ficar no Rita Maria, rolou uma licitação e, no começo deste mês, quem não ganhou a boquinha teve que vazar.

Somente 14 empresários antigos conseguiram ficar no local. ?A gente não entendeu direito como foi feita essa licitação. Sei que estávamos aqui desde o começo e agora temos que sair mesmo. Nem o aluguel o novo dono do espaço quis aceitar?, comenta Nivaldo da Silva, que perdeu a lanchonete que ocupava na rodoviária desde a década de 80.

O superintendente do Deter, Altamir José Paes, explica que o pessoal que perdeu o espaço foi porque não se encaixou nas regras da licitação. Houve redimensionamento do espaço e busca por variar os produtos comercializados, já que que mais de 20 lojas no piso superior dedicaram suas atividades durante quase duas décadas a vender roupas.

A exigência em variar os serviços é o que provoca este novo edital, já que não houve procura pelos boxes do piso superior na primeira licitação. Esse item agora será ignorado. ?Porém, os interessados terão que se enquadrar nas exigências. Entre elas, ter a documentação em dia e de acordo com a atividade que irá oferecer no terminal?, encerra Paes.

  •  

Deixe uma Resposta