• Postado por Tiago

Cláudio Bersi de Souza

Catarinense, nascido em Blumenau, em 16 de agosto de 1938, autodidata em Pedagogia, História e Literatura Infantil, sempre teve o sonho de ser professor. No entanto, os caminhos da vida o levaram para a área comercial no setor de informática, entre os pioneiros que desbravaram esse mercado no Brasil.

Frustrado por não ter seguido a carreira de professor, Luiz Ferreira, como gosta de ser chamado, tem muito do seu pai-professor, José Ferreira da Silva, um dos maiores historiadores e escritores que Santa Catarina já teve, autor de dezenas de livros sobre o assunto, que o alçaram à Academia Catarinense de Letras. (José Ferreira da Silva foi também prefeito de Blumenau e o primeiro a escrever a história do município de Penha, em 1958).

A inconformidade de Luiz Ferreira sempre foi com o menosprezo para com a classe dos mestres, em todos os níveis.

Todavia sua luta continuou sempre árdua e, mesmo seguindo caminhos profissionais diversos ao seu objetivo, paralelamente manteve a esperança de realizar o seu sonho de preparar as crianças para um futuro mais letrado e menos marginalizado.

Referência da sua luta

Tendo iniciado seus estudos primários em Piçarras, formou-se em Economia pela Fundação de Estudos Sociais do Paraná, em 1968.

Além de tudo que já conseguiu realizar – em obras infantis, seminários, palestras, etc. – Luiz Ferreira da Silva, recentemente, foi um dos 40 selecionados (entre 870 histórias, em todo o país), para participar do Projeto “Revelando os Brasis II”, cujo escopo é transformar as histórias criadas pelos participantes em um filme curta-metragem.

Dita promoção, chancelada e promovida pelo Ministério da Cultura e pelo Canal Futura, da Fundação Roberto Marinho, produziu no Rio de Janeiro o referido filme, uma animação, que versa sobre a lenda, criada por ele, das pedras gêmeas, que identificam a Enseada de Itapocorói, no largo de Penha e Balneário Piçarras – Ilhas Itacolomi – sob o título: “Quando o Amor é Eterno.”

Autor consagrado de livros infantis especiais para iniciação e incentivo à leitura e sobre a história de municípios para crianças, Luiz Ferreira fala com propriedade quando diz que o problema da educação no Brasil é a falta de leitores e o pouco interesse pela leitura, além da falta de conhecimento das próprias histórias dos seus municípios.

Por isso, depois de mais de 20 anos de estudos, criou os projetos: “Programa LER É SABER de Iniciação e Incentivo à Leitura” e “História da Minha Terra”, já utilizado nas escolas fundamentais de vários municípios de Santa Catarina e do Brasil, com tanto sucesso de público e crítica que, além de ser convidado para dar palestras em várias escolas, o autor foi convidado a fazer parte do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, onde tomará posse em meados de dezembro próximo.

Luiz Ferreira da Silva é incansável. Apesar das dificuldades em ser ressarcido das despesas de suas obras, continua trabalhando e buscando parcerias para por em prática os frutos de sua rica imaginação.

A série História da Minha Terra tem passagem por vários municípios: Penha, Itajaí, Piçarras, Barra Velha, Barra do Sul, São Francisco, Navegantes. Algumas prontas e outras a combinar. Fascinante trabalho para crianças de todas as idades e para todos que já foram crianças.

  •  

Deixe uma Resposta