• Postado por Tiago

segunda-da-pagina-12-g---wttc---lula-e-luiz-henrique-da-silveira-foto-neiva-daltrozo-divulgacao-secom-14mai09

Lula tava todo empolgado com os gringos

O presidente Lula da Silva chegou com uma hora de atraso a Floripa ontem pra abertura do 9º Congresso Mundial de Viagem e Turismo (WTTC). Lula chegou ao Costão do Santinho, onde o evento rola até domingo, e foi primeiro conversar com possíveis investidores no setor turístico na Santa & Bela, pra só depois ir pro salão de eventos.

O blábláblá, que reúne mais de 700 pessoas ligadas ao turismo de 30 países, teve a abertura do prefeito de Floripa, Dário Berger (PMDB). ?Este é um encontro estratégico para o futuro de Florianópolis e de Santa Catarina?, disse.

Participaram ainda da abertura o governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB), o ministro do Turismo, Luiz Barreto e o presidente do WTTC, Jean-Claude Baumgarten.

?Nossa associação tem 100 membros em todo o mundo e buscamos ao longo dos 20 anos o convencimento dos governos acerca da importância do turismo. Quando nos reunimos com o presidente Lula, tínhamos estatísticas, números e falávamos uma linguagem sofisticada. E o presidente nos disse com suas palavras, com simplicidade, o que era o turismo. Falou-nos dos serviços, da cerveja gelada, da não tão gelada… Falou-nos dos empregos e de repente nos demos conta que fizemos a coisa certa. Nos demos conta que estávamos no país certo, que quer mudar imagens e comportamentos?, garante o gringo.

Empolgado como sempre, Lula tava que não se cabia em si por ver tanta gente a fim de liberar aquela grana pra melhorar o turismo no país. O presidente lembrou que o Brasil sediará a Copa do Mundo e que vai fazer de um tudo pra trazer a Olimpíada de 2016 pra estas bandas. ?O Brasil não trata mais a questão do turismo como um discurso de campanha eleitoral ou trata o turismo porque é bonito. Entendemos que o turismo é uma indústria extraordinária de desenvolvimento cultural, econômico e de geração de empregos e distribuição de rendas?, soltou o presidente.

Após a falação, a turma acompanhou uma apresentação do balé Bolshoi, de Joinville, e bateu aquele rango. Na programação pra esta sexta-feira, um painel discutirá sobre a gripe

  •  

Deixe uma Resposta