• Postado por Tiago

Acabaram-se os dias de liberdade pra um traste que meteu o terror numa tiazinha no domingo à noite, em Balneário Camboriú. O semvergonha fez de conta que tava armado com um berro e a obrigou a entregar sua bolsa. A mulé avisou a puliça Militar, que saiu à cata do bandido e o levou pra trás das grades.

Era por volta das 22h, e dona E.P., 43 anos, passeava pela avenida Atlântica, pertinho da praça Almirante Tamandaré, no centrão do Balneário, quando percebeu que tava sendo seguida por um mulambento. Assustada, a mulher bem que tentou apertar o passo pra siscapar, mas não adiantou.

O traste chegou ao seu lado, botou a mão por dentro da camiseta e lascou o mãos ao alto. Mesmo sem ter certeza se o mequetrefe tava ou não segurando um trabuco, a tiazinha achou melhor não arriscar e entregou sua bolsa pra ele.

Assim que se viu livre do assaltante, a mulher procurou o primeiro meganha que encontrou na rua e contou sua história. Ela passou tintim por tintim as características do bandido, e os milicos saíram à cata do traste.

Não demorou muito pros fardados darem de cara com o chinelão, caminhando pela Atlântica como se nada tivesse acontecido. Mal botou os zoios nos policiais, o cara desandou a correr e se escondeu embaixo do toldo de uma loja.

Mas os meganhas foram mais espertos e conseguiram encontrar o fujão. Ele foi identificado como Tiago Batista, 23 anos. O assaltante, que é de Barra Velha, pelo jeito tinha resolvido tentar a sorte na vida do crime na Maravilha do Atlântico.

Tiago foi levado pra depê e depois de sisplicar com os homisdalei ganhou uma vaguinha no cadeião.

Mais assalto

Pelo jeito, a bandidagem escolheu a Atlântica como palco pros atraques nos últimos dias. No início da tarde de ontem, uma mulé que passava pela esquina da avenida com a rua 2300 levou uma coronhada de um assaltante e acabou no preju.

O traste tava na carona de uma motoca Honda CG Titan verde, que tava com a placa dobrada. Ele apontou um berro pra coitada e pediu que ela entregasse a bolsa. A mulé, apavorada, tentou siscapar dos bandidos e acabou levando um golpe de revólver na cabeça.

Enquanto ela se recuperava, os vadios fugiram carregando sua bolsa, que tava recheada com dindim. Eles não foram encontrados pela puliça.

  •  

Deixe uma Resposta