• Postado por Tiago

A malocada não fica mais nem intimidada com a luz do dia. Três malencarados armados assaltaram a relojoalheria Jimenez, na rua 1500, no centro do Balneário Camboriú, no meio da tarde de terça-feira. Os vagabundos roubaram joias, grana e deram um preju de mil reales pro comércio. Este foi terceiro assalto em menos de 24 horas no Balneário.

Passava das 16h30 quando os três pilantras entraram no comércio. Os trastes chegaram com a cara limpa. Um deles sacou um revólver calibre 38 e rendeu a única funcionária da loja. Ameaçando ela de morte, o jaguara disse que era pra mulher abrir o mostruário de joias.

Com medo de vestir o paletó de madeira, ela deixou o caminho livre pro trio, que recolheu anéis, correntes e pulseiras de ouro e prata. Os fiosdaputa ainda passaram a mão em 120 pilas do caixa. Eles guardaram os trecos dentro do bolso e deitaram o cabelo.

O pessoal que caminhava pela rua contou pra PM que viu o trio de bandidos montar em bicicletas, que tavam paradas na frente da loja. Eles pedalaram na direção da Quarta avenida e sumiram no meio do povão. Os milicos deram várias voltas pela região, mas não encontraram nem rastro dos putos.

Mais dois

O assalto a relojoalheria Gimenez foi o terceiro registrado em menos de 24 horas. Na terça-feira um puto armado atacou uma funcionária dentro da loja Havan e roubou um malote com R$ 15 mil. Três horas mais tarde, cinco safados amarraram familiares e fizeram a limpa numa casa nas margens da BR-101.

  •  

Deixe uma Resposta