• Postado por Tiago

A quinta etapa do Brasileiro de Rali de Velocidade, que rolou no fim de semana, em Tijucas, consolidou a dupla catarinense Luís Tedesco e Raphael Furtado na ponta da categoria N3 (motor até 2.0, tração 4×2 e preparação limitada), a mais disputada da competição nacional.

A disputa na Santa & Bela foi um pouco diferente do comum, marcada por muita lama no lugar da poeira, por causa da chuva. O trajeto foi adaptado e o rali largou com duas das três especiais previstas. No final, a dupla de Floripa ficou na segunda colocação da etapa, garantindo a liderança geral com quatro pontos de vantagem. “Cada segundo em um rali de alta velocidade é muita coisa. Durante o tempo para o apoio mecânico conversei com minha equipe e decidimos trocar o composto do pneu, o tempo não parecia firme. E bem no meio da especial desabou a água. Os pneus responderam muito bem e imprimimos um ritmo forte de recuperação até o final”, contou o piloto manezinho Tedesco.

O navegador Raphael Furtado considerou a segunda colocação uma grande conquista. “Nosso acerto dos pneus foi decisivo na nossa recuperação hoje. O levantamento estava de acordo com as condições que o piso ficou depois da chuva e por pouco mais de 10 segundos não chegamos na frente”, lamentou Raphael.

A dupla volta a correr em busca do bicampeonato nacional na sexta etapa, programada pro dia 22 de agosto, em Pomerode.

Em outras categorias importantes, os vencedores foram os seguintes: Marcos e Roger Valandro levaram a melhor na N1 e Vicente Orige e Graziela Silva subiram no lugar mais alto do pódio na N2.

  •  

Deixe uma Resposta