• Postado por Tiago

msupersurf@hotmail.com

Decisão do Supersurf

A briga está sendo intensa nas duas pontas da tabela da categoria masculina do Supersurf, a primeira divisão do surfe brasileiro. Os oito atletas que vão disputar o título nacional são cabeças-de-chave e entraram em fases mais avançadas nesta última etapa, que tá rolando no Rio de Janeiro.

O número três do ranking, Pedro Henrique foi escalado para abrir a segunda fase e é o favorito da torcida carioca para repetir o feito do seu conterrâneo Gustavo Fernandes, atual campeão brazuca. Mas ele precisa no mínimo chegar à final na Barra da Tijuca para superar os atuais 2720 pontos do líder Jano Belo. O único que briga fase a fase com o paraibano é o cearense Messias Félix, vice com 2660 pontos.

Assim como Pedro Henrique, o gaúcho Daison Pereira também só consegue ultrapassar o líder se for pra final. Já para o alagoano Tânio Barreto, o paulista Odirlei Coutinho e o baiano Rudá Carvalho, só a vitória interessa. Eles ainda têm que torcer para que Messias Félix não passe das oitavas-de-final e que Jano Belo não alcance as semifinais. O catarinense Marco Polo dependia de inúmeros resultados pra sair da praia como campeão brasileiro profissional, mas foi eliminado.

A etapa está sendo transmitida nos sites www.supersurf.com.br e www.abrasp.com.br, com as finais no domingo também passando ao vivo pela ESPN.

Mick Fanning próximo do título

O Rip Curl Pro Search rolou novamente na praia de Supertubos, em Portugal, com boas ondas fechando o penúltimo desafio do ano, em séries de 4 a 6 pés. O campeão da etapa foi o australiano Mick Fanning, que igualou as três vitórias do seu conterrâneo Joel Parkinson e tirou o brasileiro Adriano de Souza da corrida do título mundial. Mineirinho permanece em terceiro lugar no ranking e pode igualar a posição de Victor Ribas, terceiro em 1999, a melhor de um brasileiro na história do ASP World Tour. Seu principal concorrente é Bede Durbidge, que agora está apenas dois pontos atrás, por causa do vice-campeonato em Portugal. Foi a segunda final que Durbidge perdeu para Fanning na Europa. A outra foi em Hossegor, na França.

  •  

Deixe uma Resposta