• Postado por Tiago

Sai Itajaí, entra Floripa

Depois de quatro anos sem sediar uma etapa do WQS, a bela praia Mole, em Florianópolis, palco de grandes eventos, volta em alto estilo ao cenário do surfe mundial. É sede do Maresia Surf International 2009, válida pela 18ª etapa da série classificatória para o WCT.

As últimas duas edições do Maresia Surf International foram realizadas na praia Brava, em Itajaí (2007 e 2008), com grande sucesso. É uma pena que esse grande evento, que reúne importantes nomes do surfe mundial, tenha ido embora por falta de apoio na nossa cidade.

A etapa em Floripa teve início na terça-feira e vai até domingo, com muito surfe e gente bonita nas areias da badalada praia Mole. É uma ótima oportunidade de acompanhar os ídolos do esporte dando show na água e torcer para os surfistas brasileiros e catarinenses que estão na disputa.

O melhor catarinense no circuito é o bicampeão barriga-verde (2007 e 2008) Marco Polo, do Arroio do Silva, no sul do estado, que ocupa a 13ª posição do ranking. Se o WQS acabasse agora, ele estaria classificado para a elite do surfe mundial, com 8.769 pontos. Polo busca um bom resultado nesta etapa brasileira, apostando na sua experiência nas ondas da capital. “Estou muito motivado para competir aqui na praia Mole, onde surfo desde criança e onde já ganhei vários campeonatos amadores e profissionais na minha vida de atleta. Espero pegar boas ondas na minha bateria e passar para a próxima fase. Fico muito agradecido pela torcida da galera que sempre me dá um gás”, comentou o catarinense, preparado para a batalha.

Show de Kelly e Mineirinho

Numa decisão histórica, o norte-americano Kelly Slater derrotou o brasileiro Adriano de Souza, o Mineirinho, para vencer o Hang Loose Pro, etapa da elite do surfe mundial disputada na praia da Vila, em Imbituba.

Os melhores atletas do planeta na atualidade esbanjaram estilo e destruíram as ondas da Vila, com um verdadeiro show de manobras. Na grande decisão, a vitória de Slater só foi conquistada no final da bateria, depois que o norte-americano nove vezes campeão mundial pegou duas ótimas ondas e ultrapassou Mineirinho na pontuação.

Mas a derrota não foi ruim pra Adriano de Souza, que pulou pro 2º lugar no ranking mundial, melhor resultado de um brasileiro em todos os tempos. Mineirinho só está atrás do australiano Joel Parkinson. Os dois terão que se preocupar com Slater, que subiu pro 9º lugar e vem mais motivado para a segunda parte do circuito.

  •  

Deixe uma Resposta