• Postado por Tiago

CONTRA-ABRE---s---abelardo-lunardelli---foto-Seth-Cohen---18.08.09

Abelardo Lunardelli, atual diretor da base, vai analisar se aceita comandar o Marinheiro

Aos poucos, com cautela e muita conversa, as coisas vão se arrumando no Marcílio Dias. Pedido o impeachment do atual presidente Carlos Crispim, por alguns conselheiros, o segundo passo pra saída da atual diretoria, responsável por dois rebaixamentos em 2009, foi, em consenso, achar um novo nome pra assumir a presidência do Marinheiro.

E o nome em questão apareceu: Abelardo Nunes Lunardelli, dentista e atual diretor das categorias de base do clube. ?Fui indicado por um grupo de bons marcilistas, numa reunião em que estavam Denísio Dolásio Baixo, Maury Werner (o Moringa, vice-presidente do clube), Aldo Corrêa (presidente do conselho) e Nildo Gazaniga. Não disse não, mas quero conhecer mais a fundo o clube. Terça-feira, uma nova reunião vai definir tudo?, fala Lunardelli.

O possível novo presidente do Marcílio teve uma conversa na noite de ontem com o presidente Crispim pra expor suas intenções. O atual presidente confirma a conversa e elogia Lunardelli. ?É um cara que realmente tem todo o meu apoio e respaldo. Vamos dar condições pra que ele possa se tornar o novo presidente do Marcílio. Agora vai depender dele?, fala Crispim, já em tom de despedida.

Condições pra assumir

Mesmo sem experiência no cargo, Abelardo Lunardelli tem tudo pra assumir a presidência do Marinheiro, mas deixa claro que pretende estudar o que pode fazer no clube e diz que precisa de parceiros pra tocar o Rubro-anil. ?Fui convidado e condicionei a resposta do convite em conversar com mais pessoas. Durante a semana, faremos um levantamento do clube e vamos conversar com parceiros que possam participar dessa nova jornada. Dependendo da condição que me for dada, eu assumo. Não dei a resposta definitiva?, garante.

Outra condição que Lunardelli colocou na mesa é que o advogado e conselheiro do clube, Denísio Dolásio Baixo, assuma a presidência do conselho. Junto com Denísio, outros nomes já estão certos que farão parte da nova diretoria. São eles: Graciliano Rodrigues, ex-vice de marketing do clube, o vice-presidente Moringa, Nildo Gazaniga e Rodrigo Nunes, do departamento jurídico. Caso Abelardo não aceite o convite, o novo presidente do Marcílio deverá sair desses nomes. ?Temos alguns parceiros na espera de uma resposta e numa semana faremos uma radiografia do clube, pra que sociedade, torcida e imprensa possam conhecer. Aí vamos dar a resposta. A minha vontade maior é que o Marinheiro tenha um novo caminho?, garante Lunardelli.

?Tampão? até 2010

Caso o doutor Lunardelli ? que teve 620 votos nas últimas eleições como candidato a vereador pelo PSDB ? assuma, ele fica no cargo até outubro do ano que vem, quando acaba o mandato da atual diretoria. ?Se o Crispim e o Moringa saírem, tenho até 30 dias pra convocar uma nova eleição pra definir o presidente?, diz Aldo Corrêa.

Seu Aldo afirma que Lunardelli é uma pessoa que já tem noção do clube, o que facilitaria as coisas pro Marinheiro voltar a funcionar direito. ?Seria muito bom se ele aceitasse. Vamos falar com ele pra ver se ele aceita?, disse.

Elogiados por todos que falaram com o DIARINHO na tarde de ontem, Abelardo Lunardelli assumiu as categorias de base do Marinheiro este ano. Mesmo com os péssimos resultados dos times juvenil e júnior, que não têm nem campo pra treinar, trouxe ao clube Antônio Augusto, competente técnico de base da região. Caso aceite o convite, Lunardelli terá a missão de fazer do Marcílio Dias, novamente, um clube de respeito no cenário catarinense.

  •  

Deixe uma Resposta