• Postado por Tiago

CONTRA-ABRE-1---s---figueirense-x-marcilio-dias---foto-k-rubens-flores-19mar09

Marinheiro quer deixar de lamentar derrotas pra se reerguer. Foi exatamente isto que fez o time carioca este ano, com o título da série B

De uns tempos pra cá, quando grandes times caíram pra Segundona, uma frase virou moda: ?cair pra segunda divisão é bom pra reestruturar o clube?. Neste ano o fato rolou com o Vasco da Gama que, a exemplo do Corinthians no ano passado, voltou à série A e foi campeão da série B por antecipação. E é com o time carioca que o Marcílio Dias tenta uma parceria pra arrumar a casa em 2010, ano que vai jogar a divisão especial do campeonato Catarinense e a série D do Brasileiro.

Deixando pra trás uma diretoria que tinha a gestão ultrapassada, dificuldade financeira, jogadores com salários atrasados e acusações de irregularidades, o Marcílio parece estar entrando num processo de reestruturação total, começando com a parte administrativa. A ideia é ver como o time da Colina conseguiu dar sua virada, principalmente fora das quatro linhas. ?Já existiu uma conversa prévia. Queremos nos apresentar, sermos conhecidos. Estamos tentando abrir as portas, fazer uma campanha de boa vizinhança?, diz Luiz Antônio Alves, presidente do conselho deliberativo do Marinheiro.

Dentro e fora de campo

Num primeiro momento, a possível parceria entre Marcílio e Vasco começaria na parte de gestão profissional do clube, que há tempos luta contra o amadorismo de seus cartolas. Luiz Antônio confirma que as conversas não são apenas visando o futebol. ?É preciso passar por um processo estrutural muito grande. O Vasco traz uma experiência muito grande da segunda divisão. Queremos somar para o clube, aprender, é isso que queremos?, fala o presidente do conselho.

Como precisa voltar pro Catarinão 2011 e tentar uma vaga pra série C do Brasileiro do mesmo ano, nada melhor pro Rubro-anil do que uma parceria com um clube grande, que passou por um momento parecido, pra ajudar o velho Marinheiro a ter uma nova cara no ano que vem. ?Existe (conversa com o Vasco), sim. Ele (Luiz Antônio) tem bons contatos lá. Qualquer time que tenha um know how (conhecimento) neste padrão é importante pro Marinheiro?, diz o presidente Abelardo.

Nova estrutura

Ao mesmo tempo em que espera o presidente do conselho com novidades sobre o Vasco, Abelardo precisa do parecer de Luiz Antônio pra saber se poderá criar novos cargos em sua diretoria. ?Não posso nomear se não tem o cargo. Estou com tudo pronto, só esperando. Acho que ele convoca (a assembleia geral) na próxima segunda?, diz o doutor.

A proposta de nova estrutura pra diretoria inclui assessoria de auditoria interna, gerência de informática, diretor de planejamento e ação social, diretor de esportes olímpicos, três diretores jurídicos, um diretor médico pro futebol profissional e outro pra categoria de base e esportes olímpicos. Isto sem falar da comissão para estudo da construção do novo estádio, que será comandada por Maury Werner, e dos cargos tradicionais já existentes.

  •  

Deixe uma Resposta