• Postado por Tiago

Uma muié foi em cana ontem à tarde, nas Tijucas, depois de ter sido flagrada pela puliça com um carregamento de crack mocosado na bolsa. O marido da doida, que tava junto com ela na hora do atraque, siscafedeu e a deixou de coração partido, pra responder sozinha pela bronca.

Era por volta das 13h quando os milicos receberam uma denúncia de que um casal de pombinhos ia comprar porcarias no bairro Jardim Progresso, conhecido como o Sem-Terra. A droga seria revendida depois no bairro Casarão.

Os meganhas acharam que nesse mato tinha coelho e deram um pulo no local pra conferir a treta. Eles não demoraram muito pra dar de cara com a dupla. Assim que percebeu a presença dos fardados, o homem, encagaçado, desatou a correr e não foi mais visto.
A rapariga, Sheila Gusmão Mang, 22 anos, abandonada pelo amoreco, teve que encarar sozinha os puliças. Como não tem PM muié em Tijucas, a guria foi levada até a delegacia pra ganhar uma geral das tiras.

Bastou as policiais abrirem a bolsa da moçoila pra acharem uma pedrona do demonho, que pesava 170 gramas. Depois de repartida pra vender, a porcaria renderia pelo menos 50 pedrinhas pequenas.

Sheila recebeu o teje presa e ganhou uma vaguinha no xilindró. Ela vai poder aproveitar o tempo pra repensar a relação com o traste que a largou nas mãos da puliçada.

Dimenores do capeta

Não foi só a moçoila que caiu nas garras dos homisdalei de Tijucas ontem, por envolvimento com o tráfico. Enquanto os meganhas procuravam o marido da guria, no Casarão, toparam com dois aborrescentes, que, assim que viram a baratinha, saíram correndo e se enfiaram numa baia da rua Alvina Simas Reis.

Os milicos bateram na casa e deram uma geral nos moleques R.F., 16 anos, e L.L., 17. Com eles foram achados 18 gramas de crack e um colete à prova de balas. Os minitrastes e o colete ganharam uma carona pra depê.

Horas antes, um menininho de apenas 13 anos já tinha sido guentado por andar traficando porcarias. Ele foi encontrado na mesma rua da dupla, a Alvina Simas Reis, pelas 11h da manhã. O moleque tava com duas pedras grandonas, que seriam divididas e empacotadas pra vender. Questionado pelos milicos, o molequinho contou que comprou a droga em Floripa e iria repassar pros viciados de Tijucas.

  •  

Deixe uma Resposta