• Postado por Tiago

O marido de Solange Oliveira de Souza, 32 anos, que foi assassinada a facadas na madrugada de sexta-feira, em Tijucas, foi preso como o principal suspeito pela crueldade. A pobrezinha tava grávida de cinco meses, e foi encontrada morta numa casa abandonada no centro da city, onde tava dormindo com o traste. A polícia Civil fez questão de manter o cara atrás das grades até que termine as investigações.

O crime rolou na rua Santa Catarina. Por volta das 4h da manhã, o companheiro de Solange, A.P.A., procurou o pronto-atendimento municipal e disse que tinha encontrado sua mulher morta. A pobrezinha tinha quatro marcas de facadas pelo corpo, e já tinha partido pro além.

O marido deu uma de doido e disse à polícia que não sabia o que tinha acontecido, mas os tiras desconfiaram da história e o levaram pra prestar esclarecimentos. A delegada Luana Cervi Backes analisou as provas da tragédia e percebeu que todos os indícios apontavam pro companheiro de Solange. Diante disso, resolveu pedir a prisão temporária de A.P.A. à dona justa.

A jaula do cara é válida por 30 dias, o tempo necessário pra que a polícia termine o inquérito policial. A delegada avisou que o morador de rua será interrogado novamente nos próximos dias, e vai ter que sisplicar. A busca por provas da participação dele na desgraceira continua.

  •  

Deixe uma Resposta