• Postado por Tiago

Acabaram-se os dias de macheza pro Edir Machado, 30 anos. O desalmado foi preso em flagrante depois de ter sentado o sarrafo em sua mulher, nas Tijucas. Pra sisplicarem sobre o arrancarabo, os dois inventaram uma renca de mentiras e chegaram a dizer que os filhos tinham sido violentados. As crianças tiveram que ser encaminhadas pro Conselho Tutelar.

A confusão começou ainda de manhã, no bairro Aldeia, onde Edir tava morando com a muié e os três filhos, duas meninas e um menino. O cara teve um ataque de sem-vergonhice e bateu na mulher. Depois da sessão de tortura, à base de chutes e mordidas, a pobrezinha ficou toda pintada com hematomas.

A vizinhança, que percebeu o que tava rolando, chamou a puliça Militar. Os meganhas sabiam que não era a primeira vez que Edir dava uma de machão e batia o da esposa. Quando viram o estado em que tava a coitada, não tiveram dúvidas e levaram o traste pra depê.

Na hora de sisplicarem sobre o que teria motivado a briga, a mulher disse que o cara tinha abusado dos filhos. Já ele contou pros homisdalei que a esposa tinha um amante e era o cacho quem andava violentando os anjinhos.

Na dúvida, as três crianças foram encaminhadas pro Conselho Tutelar e tiveram que passar por exames pra comprovar se rolou alguma judiaria. O caso só foi esclarecido ontem, depois que os pobrezinhos passaram por médicos e psicólogos, e ficou claro que não tinham sofrido nenhuma violência.

Depois de tantas lorotas, as crianças não puderam voltar pros braços da mãe e ficaram sob os cuidados de parentes. Edir, que foi grampeado em flagrante, vai responder por ter machucado a muié e já ganhou uma vaguinha no cadeião.

  •  

Deixe uma Resposta