• Postado por Tiago

Os militares da Marinha do Brasil vão passar por duras provas nos treinamentos Interportex e Retrex, nos dias 19, 20 e 21 de agosto, coordenados pela Delegacia da Capitania dos Portos em Itajaí. Os exercícios Interportex vão deixar os milicos afiados pra entrentar um ataque terrorista, por exemplo. Já no exercício Retrex, será simulada a ocupação de uma plataforma petrolífera e, na sequência, conduzidas as fases de negociação e retomada da plataforma, que no faz-de-conta será um navio da Marinha.

Os treinamentos estão sendo bolados desde março deste ano e fazem parte das operações de rotina do Comando do 5º Distrito Naval. O time será formado pelo Grupo de Mergulhadores de Combate e do Grupamento de Fuzileiros Navais do Rio Grande.

O navio rebocador de alto-mar “Tritão”, o navio patrulha “Babitonga” e um helicóptero da Marinha irão compor a cena de ação e uma equipe distrital será responsável pelas negociações com os invasores. “Os exercícios terão apoio da Polícia Federal, Receita Federal, Polícia Militar e Guarda Portuária, o que deve permitir o intercâmbio de informações entre os órgãos de segurança federais, estaduais e municipais, possibilitando a verificação dos sistemas de segurança das instalações portuárias, além do preparo da tropa para reconhecer as características da área e estar preparada para reagir em situações de defesa”, explica o delegado comandante Malizia.

  •  

Deixe uma Resposta