• Postado por Tiago

O presidente do Marcílio Dias, Carlos Crispim, confirmou na tarde de ontem que o jogo contra o Criciúma, no domingo, será mesmo no estádio Dr. Hercílio Luz. O cartola explicou que o fato vai rolar porque a decisão da justiça desportiva, punindo o Marinheiro com a perda de dois mandos de campo, saiu meio que em cima do laço. O Estatuto do Torcedor prevê que uma partida só pode ser mudada de local pelo menos 10 dias depois da decisão da dona justa boleira, o que não é o caso da partida entre os times catarinenses na série C do Brasileiro.

O que ainda preocupa o cartola é o jogo contra o Brasil de Pelotas, que não poderá rolar no Gigantão. “Não será fácil, mas vamos tentar reverter. Entramos com a liminar e esperamos que o julgamento seja posterior à data do jogo com o Brasil”, disse Crispim. Se for assim, o confronto também rola em Itajaí. “Mas se não der, vamos jogar o mais próximo possível. Nossas opções são Joinville ou Jaraguá do Sul”, destacou.

Mas pelo Estatuto, a distância mínima pra que seja realizado o jogo do time punido com a perda do mando é de 100 quilômetros de distância. Jaraguá do Sul tudo bem, mas Joinville fica a 80 km de Itajaí e não poderia receber o confronto. Por isso, a partida contra o Brasil deverá ir mesmo pra terra do tiro. Floripa era outra cotada, mas está a 88 km da city peixeira. Se pudesse ser considerada a distância entre o Gigantão das Avenidas e a Ressacada, e não só os limites entre os municípios, daria 101 km – conforme o Google Maps – e o jogo estaria liberado na capital.

Confiante

Com a notícia de que o Marinheiro joga mesmo em casa no domingo, o técnico Ronaldo Alfredo já começou a conversar mais com a marujada. O time não tem conseguido bons resultados diante da torcida, mas é hora de mudar esse quadro. “Converso bastante com os jogadores. Os jogos em casa têm sido complicados, queremos quebrar esse tabu”, falou o treinador.

A marujada fez na tarde de ontem um trabalho técnico e tático. Hoje, os peixeiros suam a camisa em dois períodos.

  •  

Deixe uma Resposta