• Postado por Tiago

INTERNA-ABRE-PAG-15---treino-marcilio--foto-felipe-VT-13

Jogadores têm que caprichar mais na pontaria pro time vencer

O torcedor marcilista tá fazendo promessa, despacho, sessão de descarrego, rezando pra todos os santos e até prometendo levar a sogra pra morar com ele se o time peixeiro não for rebaixado na série C do Campeonato Brasileiro. O Marcílio Dias já caiu no Catarinão e a tarefa pra evitar um novo vexame no mesmo ano não será nada fácil.

Restando apenas dois jogos pro Rubro-anil saber se fica na série C ou se vai logo pra série D no ano que vem, o matemático judeu do DIARINHO gastou pelo menos a cuca pra trazer a real possibilidade do Marinheiro permanecer no Brasileirinho. Ele não ficou em cima do muro e falou que são de apenas 7,4% as chances do Marcílio Dias não ser rebaixado. Ao todo, são 18 resultados que facilitariam a vida do clube itajaiense, entre os 243 possíveis envolvendo os jogos restantes de Criciúma e Marcílio ? as duas equipes que ainda correm risco de cair no grupo D.

Pra tristeza da torcida, o cenário não é nada animador e o técnico Ronaldo Alfredo precisará fazer um verdadeiro milagre pra motivar os jogadores pra ganharem os jogos que faltam, sem falar na incrível combinação de resultados necessária pra manter a marujada na competição em 2010.

Com apenas três pontinhos ganhos e na lanterna da chave, o Marcílio precisa ganhar seus dois próximos jogos e ainda torcer pra que o Criciúma só some dois pontos nos dois jogos que faltam pro time da terra do carvão. O Tigre é o quarto colocado, com sete pontos. Caso o Marinheiro ganhe um e empate outro confronto, só não será rebaixado se o Criciúma perder suas partidas. Ou seja, tá mais fácil o presidente Carlos Crispim ser reeleito do que o Rubro-anil não cair dinovo.

Quem também corria risco até ontem era o Caxias, mas a equipe gaúcha empatou em 1 a 1 com o Marília e já não pode mais ser alcançada pelo Rubro-anil.

Torcida distante

O primeiro passo pro Marcílio tentar o milagre terá que ser dado nesta terça-feira, às 21h, no estádio Heriberto Hulse, em Criciúma, quando o time peixeiro encara o Brasil de Pelotas. A equipe itajaiense foi punida com a perda de dois mandos de campo por causa de um sinalizador jogado no gramado do Gigantão, no jogo contra o Marília, e terá que atuar longe de sua torcida. Pra piorar, a partida, que seria ontem em Jaraguá do Sul, foi mudada pra terra do carvão porque o estádio de Jaraguá não passou na avaliação da vigilância sanitária.

Por causa disso, a galera que tava pronta pra viajar e apoiar o Rubro-anil, agora não sabe se vai mais. Roberto César Venâncio, membro da organizada Fúria Marcilista, afirmou que a torcida tá correndo atrás de ajuda pra ir até o sul. ?Precisamos de dinheiro pra ir até Criciúma, será mais difícil?, destacou.

Se o jogo tivesse rolado em Jaraguá, pelo menos 45 torcedores estavam confirmados na excursão da Fúria. ?Ainda tem gente querendo ir, mas preciso correr atrás de ônibus pra levar a gente. E teremos que sair mais cedo do trabalho?, disse.

A torcida ainda precisará pagar a multa pro busão que levaria a turma pra terra do Moleque Travesso, já que a viagem foi cancelada. ?São 150 reais que farão falta?, finalizou Venâncio.

As chances do Marinheiro não cair

Caso o Marcílio ganhe os dois jogos

? Se classifica se o Criciúma somar no máximo dois pontos

Caso o Marcílio ganhe um e empate outro

? Se classifica se o Criciúma perder seus dois confrontos

  •  

Deixe uma Resposta