• Postado por Tiago

CONTRA-ABRE---s---zagueiro-nem---atletico-paranaense---reforço-marcilio---foto-Ernesto-Rodrigues-Folha-Imagem

Zagueiro Nem foi campeão brasileiro pelo Atlético/PR e chega pra dar um jeito na cozinha peixeira

A defesa do Marcílio Dias ganhou um excelente reforço, pelo menos no papel. Anunciado ontem, mesmo sem a confirmação da cartolagem marcilista, o jogador Nem é o mais novo zagueiro da barcaça rubro-anil pra disputa da série C do Brasileiro. A informação foi confirmada pela comissão técnica do clube peixeiro, que garantiu que o cara já treina hoje com o resto do time. Sua chegada a Itajaí tava prevista pra rolar ontem, mas até o meio da tarde o beque não tinha dado o ar da graça no Gigantão das Avenidas.

E Nem não é fraco não. Já teve passagens por clubes grandes do futebol brasileiro, como Atlético Paranaense, onde foi campeão nacional em 2001, e São Paulo. O jogador vem numa hora complicada, com o Marinheiro lutando contra mais um rebaixamento e logo depois do time voltar de uma derrota por 2 a 1 pro Brasil/RS, no fim de semana. O jogo foi cheio de lances polêmicos e o técnico Ronaldo Alfredo, no treino de ontem, se mostrou indignado com a situação. ?O juiz foi tendencioso, só pra um lado?, esbravejou.

O comandante marcilista deu os motivos pra tanta revolta. Pra ele, o pênalti que resultou no primeiro gol, aos 10 minutos, não existiu. ?Os jogadores deram um encontrão na disputa de bola, somente isso?. Já o segundo gol, que saiu aos 17 do primeiro tempo, estaria impedido. ?O bandeira sinalizou impedimento, todos os jogadores saíram da área, mas o juiz fez que não viu?, completou o treinador.

Ronaldo também reclamou de um pênalti que Lira teria sofrido no segundo tempo, o que aumentaria a vantagem do time peixeiro na partida. ?Ele também amarelou meu time inteiro, tanto que no final da partida nem sabia mais pra quem dava cartão, de tão perdido que tava?.

Pra finalizar o chororô, o comandante disse que o jogo terminou um minuto antes do tempo correto.

Apesar do resultado, Ronaldo gostou de alguns momentos da atuação marcilista, principalmente depois dos primeiros 17 minutos de apagão.

Marcílio perde dois mandos

Se já tá difícil pro Marinheiro se livrar do rebaixamento também na série C, agora mesmo que a coisa ferrou de vez. Na noite de ontem, o time peixeiro foi julgado pela justiça desportiva e condenado com a perda do mando de campo por dois jogos por causa de um sinalizador jogado no gramado pela torcida.

O fato rolou no dia 14 de junho, quando o Marcílio tomou 3 a 1 do Marília, no Gigantão das Avenidas. No fim do confronto, aos 45 minutos do segundo tempo, um torcedor soltou um sinalizador pra dentro do gramado, quase acertando um jogador do Rubro-anil. O espertalhão, que vai cagar ainda mais com a vida do phodido time peixeiro, tava no meio da Fúria Marcilista e ninguém teve coragem de denunciar o cara. Resultado: se a decisão for mantida e o clube não conseguir um efeito suspensivo, o Marcílio não joga mais em Itajaí nesta fase da série C. Pra piorar, a equipe itajaiense ainda terá que pagar multa de R$ 11 mil.

Como desgraça pouca é bobagem, o zagueiro Vitor pegou dois jogos de suspensão por causa da expulsão contra o Criciúma e não encara o próprio Tigre, no domingo. O confronto, fundamental pro time se livrar de novo rebaixamento, tava previsto pra rolar no Gigantão, mas agora ninguém sabe onde será.

  •  

Deixe uma Resposta