• Postado por Tiago

Para onde foi o Felipão

O Uzbequistão ou Usbequistão (24 milhões de habitantes) é uma ex-república soviética da Ásia Central, limitado a norte pelo Cazaquistão, a leste pelo Quirguistão e pelo Tadjiquistão, a sul pelo Afeganistão e a sul e a oeste pelo Turcomenistão. Além do território principal, inclui também os enclaves de Sokh e de Iordan, no Quirguistão. Tudo isso aí com uma diferença para mais de 8h no fuso horário, o russo como idioma oficial e a capital Tashken com 2,7 milhões de habitantes é o novo local de trabalho do Luis Felipe Scolari. Ele vai treinar o Bunyodkor, principal clube daquele país e que já levou o Rivaldo. Felipão, que já não conseguiu gesticular, gritar ou praguejar em inglês, no Chelsea, certamente dará muito trabalho ao seu intérprete. O treinador brasileiro aceitou a proposta para 18 meses de contrato, alegando que o projeto é muito interessante. Também acho. Minha conta bancária gostaria muito de conhecer o Uzbequistão.

Hora de abandonar o barco

Silas sai ou fica. A proposta do Atlético Paranaense era tentadora, dizem as boas línguas. As más, como a do Eli Carlos, ex-jogador e irmão do treinador avaiano, disse que a hora de deixar a Ressacada já passou. Eli, hoje comentarista da Bandeirantes em Campinas, acha que o mano deveria ter caído fora logo depois da conquista do campeonato Catarinense. Obedecendo à lógica que predomina no futebol brasileiro, a hora de pular fora é quando se está por cima, porque os clubes costumam mandar o técnico embora quando lhes convém. Com Silas, o Avaí subiu para a série A e ganhou o estadual. Hoje, o time ocupa uma das vagas do rebaixamento. Portanto, a porta da rua é a serventia da casa, costumava dizer minha avó Carolina.

Dia do fico

Waldemar Lemos, “o melhor que temos”, saiu do Náutico para o Atlético Paranaense. Assim Silas foi liberado para permanecer no Avaí até o final do seu contrato. Ou até aparecer mais um degolado no campeonato Brasileiro.

Quem?

Vinícius Pacheco, 23 anos, atacante, é novo reforço para ajudar o Figueirense a enfrentar as agruras da série B. O jogador chega ao Orlando Scarpelli trazido do Belenenses, de Portugal, pelos parceiros do clube. Esse roteiro é manjado e se enquadra em filmes que nem sempre têm final feliz. Tomara que uma boa surpresa esteja reservada para dirigentes e torcedores do Alvinegro do Estreito. Ou será Tricolor? Até hoje não sei se o verde daquela Figueira colocada no uniforme é mesmo para valer.

Esperança

O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, garante que a cidade que não cumprir os prazos estabelecidos pela Fifa visando a montagem da estrutura para a Copa de 2014 será substituída, sem dó nem piedade. A ameaça acaba de ser feita aos representantes das cidades sedes escolhidas e que participam de reuniões técnicas no Rio de Janeiro. Tá aí uma boa oportunidade para aquela turma que prometeu colocar Florianópolis entre as eleitas e não cumpriu. O espaço para mais um monte de mentiras e palavras ao vento sul está aberto.

Sombra e água fresca

O Adriano sumiu de novo, desapareceu do Flamengo nos dois períodos do treinamento. Procura daqui, procura dali, o jogador foi visto tomando água de coco em uma das praias cariocas. Segundo os dirigentes, Adriano tinha sido liberado para uma audiência na vara de família. Pelo jeito o fórum mudou de lugar. Está mais próximo da praia do que qualquer juiz poderia desejar.

Dúvida cruel

Que tipo de tática milagrosa Dunga pretendia montar ao segurar a informação sobre o substituto de Luis Fabiano contra o Paraguai? Pato ou Nilmar fariam tanta diferença? Com Dunga é assim, elogio num dia, pancada no outro. Que bobagem, que estrategista esse homem!

ABC da falta de educação

O Juventude perdeu dois mandos de campo porque alguns torcedores cuspiram em um dos bandeiras que trabalhou no jogo contra o ABC, no estádio Alfredo Jaconi. Para quem já anda mal das pernas na série B, jogar fora de Caxias duas vezes pode ser mortal para as pretensões do clube gaúcho.

Até tú?

Será que a semana Guga Kuerten também ganhou ajuda de custo do governo estadual? Cabe a pergunta, uma vez que o Fundesporte virou um saco sem fundo.

  •  

Deixe uma Resposta