• Postado por Tiago

A César o que é de César

As manchetes de rádio e jornal depois da vitória do Avaí em Goiânia estão falando em uma grande mudança tática que teria salvado o time de mais uma derrota. Não tem coisa mais falsa do que esta afirmação, creditando a Silas uma poção mágica cuja receita não existe para o futebol. O que aconteceu, de verdade, é que ele foi obrigado a mudar o time por lesões de titulares e por causa dos seus próprios erros, um deles a insistência com Michel, jogador que esteve para ser dispensado e que virou titular da lateral-direita sem nunca ter merecido. Enquanto isso o jovem Medina segue sem jogar, Odair fica em Florianópolis fazendo compras em supermercado, como eu vi, e Roberto, ex-Figueirense, ficou escondido para de repente virar titular e salvador do time. Ferdinando não vai para o banco nem que a vaca tussa. Daqui a pouco vai aparecer no gol ou em outra posição qualquer. Ele tem que jogar, mesma situação de Luis Ricardo, cujo passe pertence a um cartola. Perguntem se foi só pelo dinheiro que Evando, artilheiro e ídolo da torcida, foi embora para a Ponte Preta. E não procurem o sobrenatural para justificar a, até aqui, péssima campanha do Avaí.

Quem é o babaca?

Romário, hoje gerente do Ameriquinha, agora só dá entrevista com a condição que não lhe perguntem sobre o episódio em que acabou preso por não pagar as pensões alimentícias de Moniquinha e Romarinho, filhos dele com Mônica Santoro. O repórter que não aceitou a imposição do Baixinho – tudo é diminutivo hoje na sua vida – foi chamado de babaca e quase levou porrada.

Público zero

A torcida do Bahia começou campanha na internet para boicotar a presença de público nos próximos jogos do seu time no Brasileiro. A bronca é com a diretoria e o técnico Paulo Comelli que não ganha há seis partidas, e até agora conseguiu apenas 13 pontos, dois acima da zona do rebaixamento.

Equilíbrio

O Atlético Mineiro voltou à liderança da série A com boa vitória sobre o São Paulo de Ricardo Gomes. O Galo mineiro teve um quinta-feira só de felicidade com a derrota do Cruzeiro na Libertadores e a ponta do Brasileiro com 24 pontos. Logo atrás estão Inter com 23, Palmeiras 22 e o Vitória do Carpegiani com 20 pontos. O surpreendente Grêmio Barueri está encostado com 18 e o Corinthians subindo com 17. Agora não tem mais Copa do Brasil nem Libertadores como desculpa.

Marimbondos são fogo

Um dos vice-presidentes da CBF foi indiciado esta semana pela polícia federal por, entre outros delitos, formação de quadrilha e falsificação de documentos. Ele se chama Fernando Sarney e é filho do presidente do senado, José Sarney. Estas casas de marimbondos são grandes, imensas, e se espalham por todo o país do futebol e costumam se alojar nas sedes das federações.

A falsa raposa

O Cruzeiro foi um dos piores (se não o pior) dos representantes brasileiros em uma final de Libertadores. Adilson Batista e seus comandados não mereciam mesmo passar pelo Estudiantes depois do péssimo desempenho no jogo de ida na Argentina, quando foram salvos pelo goleiro Fábio. Em Minas a raposa, conhecida como inteligente e matreira, deixou-se caçar e acabou caindo ingenuamente na armadilha dos argentinos de muita malandragem e bom futebol.

Tapetão

Para quem gosta do assunto e das decisões fora do campo, o Goiás ganhou de goleada no pleno do STJD e recuperou o título estadual de 2009, que havia perdido na bola para o Atlético Goianiense. Irregularidade de um jogador adversário deu a vitória por 7 a 0 no tribunal, com performance do advogado João Zanforlin, corintiano e ex-radialista. Interessados e frequentadores do tapetão anotem o nome desse moço, especialista em virar o jogo.

Guilhotina armada

Nesta rodada da série A tem Gre-Nal no Olímpico, risco para Tite, mas que também pode colocar Paulo Autuori sob desconfiança. O Santos já demitiu seu treinador e joga contra o São Paulo para ameaçar o recém chegado Ricardo Gomes. No Atletiba, até prova em contrário, não tem ninguém a perigo. Mas Ney Franco e Cuca terão de se preocupar no clássico de domingo, entre Botafogo e Flamengo.

  •  

Deixe uma Resposta