• Postado por Tiago

As encrencas do Baixinho

Preso por não pagar pensão para os filhos, imóveis em leilão para saldar dívidas com diversos credores, um deles Zagallo, bens penhorados, acusação de envolvimento com jogos de azar e outros ilícitos menores. Esta é a folha corrida de Romário atualizada. Estão se confirmando as notícias de falência e dilapidação do patrimônio de um dos maiores jogadores do futebol brasileiro das últimas décadas. Ele não escapou nem do costumeiro mau humor do ex-treinador da seleção brasileira que o processou por uma caricatura desenhada na porta do banheiro do bar que foi um dos seus negócios mal sucedidos no Rio de Janeiro. Jogador de futebol chegado à muita festa não pode ser dono de casa noturna. É como entregar alambique para pinguço administrar.

Novidades do Dunga

A convocação para o amistoso com a Estônia e logo a seguir o jogo contra a Argentina pelas eliminatórias rifou o lateral-esquerdo Kleber para a volta de Marcelo, do Real Madrid, e Alexandre Pato, trocado por Diego Tardeli do Atlético/MG. Algumas escolhas de Dunga não primam pela coerência, como se observa no caso de Pato, jogador que teve poucas chances entre os titulares da seleção brasileira. Lustrou o banco ou jogou pouco tempo, insuficiente para conseguir o entrosamento tão apregoado pelo técnico.

Timão?

Há um sentimento de perplexidade tomando conta da mídia paulista e dos torcedores do Corinthians, surpresos com a operação desmanche que já mandou embora Cristian, André Santos e por último Douglas. Pode sair mais gente, situação que seria agravada com a lesão séria de Ronaldo. Os corintianos já se perguntam com que time vão enfrentar o ano do centenário e a Libertadores em 2010.

Quem diria

Depois do começo assustador e um princípio de crise que quase determinou a saída do técnico Roberto Fernandes, o Figueirense fechou a rodada entre os quatro primeiros. Pelo desempenho nas últimas cinco partidas e evitando uma recaída pode sonhar até com o título da série B. Na próxima rodada pega fora de casa o lanterna Campinense, que tem apenas seis pontos e passaporte carimbado no rebaixamento.

A crise mora ao lado

O ambiente mais conturbado no momento na parte de baixo do mapa é o do Beira-rio. Os dirigentes do Internacional ameaçaram providências enérgicas no vestiário, mas por enquanto o castigo atingiu apenas D’Alessandro. Está treinando em separado até recuperar sua forma física e técnica. Não se sabe como é possível mensurar a recuperação de um atleta nestas condições. Quem sabe uma próxima vítima resolva o assunto absolvendo o argentino.

É outro campeonato

Quem esperava o Vasco repetindo este ano o Corinthians de 2008 na série B caiu do cavalo. Os times são muito diferentes, o equilíbrio é maior e Dorival Júnior não consegue manter a regularidade necessária para garantir a liderança e uma campanha sem sobressaltos. Pelo contrário, o Vasco fica no entra e sai do G4.

Qual é a novidade?

É enfadonho constatar todo ano a desorganização no andar de baixo do futebol catarinense. A federação catarinense lava as mãos e permite a participação de clubes sem a menor estrutura. O resultado aparece logo nas primeiras rodadas, com jogos não disputados ou atrasados por falta de policiamento em estádios sem condições mínimas de segurança e calote nas arbitragens. O ano termina sempre com jogadores de chapéu na mão e cheques sem fundo no bolso. Pilatos Peixoto empurra os problemas para o TJD, que por sua vez joga tudo pra baixo do tapete, e chegamos do mesmo jeito à próxima temporada.

Exemplo

Quem não viu perdeu não só um bom jogo, mas uma reação espetacular da Portuguesa em cima do Guarani. Em desvantagem no primeiro tempo por 3 a 1, no segundo foi pra cima do adversário até conseguir reverter o placar para 4 a 3. Tem muito time por aí que deveria como punição e treinamento ver e rever o teipe desta partida.

Decepção

O Juventude já foi campeão da Copa do Brasil, campeão gaúcho e osso duro de roer para a dupla Gre-Nal. Hoje é um arremedo de time e, pelo que vem fazendo até aqui, ameaça figurar entre os rebaixados de 2009.

  •  

Deixe uma Resposta