• Postado por Tiago

Campeã olímpica, a brasileira Maurren Maggi saiu com dores no joelho da prova final do salto em distância do Mundial de atletismo de Berlim, neste domingo, e não conseguiu conquistar uma medalha. Com a decepção na final, o Brasil deixou o mundial sem conquistar nenhuma medalha.

A brasileira Keila Costa, que também participou do solto em distância, mas queimou as suas tentativas ao saltar, falou que Maurren tinha reclamado das dores durante a competição. Maurren, mesmo em recuperação de uma lesão no joelho direito, tentou em Berlim voltar a brilhar neste ano.

Para se classificar para a final do mundial, Maggi teve de enfrentar chuva e goteira no estádio olímpico de Berlim. Após garantir vaga na decisão, ela tinha destacado que “tudo” poderia acontecer na prova de hoje. Maurren era a principal esperança de medalha da delegação brasileira no mundial de Berlim. Outra esperança de medalhas no mundial, Jadel Gregório terminou em oitavo na prova do salto triplo depois de também ter sentido uma contusão no joelho.

O Brasil, pela terceira vez, se deixou o mundial de atletismo sem medalhas. A tragédia se repetiu em Stuttgart, em 1993, e em Edmonton, em 2001.

  •  

Deixe uma Resposta