• Postado por Tiago

INTERNA_14_abre-direita_presos-cela-apertada-navegantes_divulgação-(1)

Quatro se espremem numa cela que dá só pra um

A mãe de um dos presos da delegacia de Navegantes tá desesperada com a situação do filho. Dona Rosana Aparecida Merísio, 40 anos, diz que o guri já está até com sarna porque não toma banho há 11 dias. ?Ele tá numa cela que já estiveram seis presos. Não tem como tomar banho, mal tem como fazer as necessidades e eles nem deixam a gente o ver. Além de que, temos que levar todo dia comida pra eles comerem tudo frio?, denuncia.

Alex Merísio, 18, conhecido Dimenor, tá preso desde 26 de janeiro, depois que foi guentado com dois traficantes do bairro Areias Brancas. Ele estava na boca de Leandro Batista, o Leli, na rua Domingos Regis.

O filho de dona Rosana teria soltado rojões pra avisar aos traficas do bairro que a PM tava na área. Agora tá enjaulado na celinha da depê de Navega, com outros três presos no mesmo cubículo. Na semana passada, as duas apertadas celas da delegacia tinha 12 presos.

Até delegada tá preocupada

A delegada Tatiane Bressane diz que também já tá desesperada com a situação. ?Na quarta mesmo eles começaram a berrar ali e nos assustou. Tivemos que conversar com eles para pararem?, conta a policial. A delegada diz que já mandou pros chefões do departamento de Administração Prisional (Deap) cinco ofícios relatando a situação e pedindo uma solução para o caso. ?Mas até agora nada?, reclama.

A dotora confirma que as mães não podem mesmo ver os seus filhotes. ?Temos poucos policiais já na delegacia para fazer os registros de boletins de ocorrência. Se tirarmos um dali para acompanhar a visita aos presos, iria atrasar o nosso serviço?, explica.

  •  

Deixe uma Resposta