• Postado por Tiago

INTERNA-SETE---FELIPE-VT-guardas-do-codetran---foto-Felipe-VT-03

Guardinhas como o da foto foram surpreendidos pela violência dos malacos

A mãe de um dos trastes que agrediu dois guardas de trânsito na praia da Atalaia, em Itajaí, na tarde de segunda-feira, procurou na manhã de ontem a coordenadoria de Trânsito e Transporte peixeira (Codetran) pedindo desculpas pela covardia do filho. A treta rolou quando um trio de desalmados desceu o cacete nos agentes Fabiane Loismey da Luz e Juliano Machado. Os safados ainda tascaram pedra na caranga que os dois tavam trampando.

A tiazinha ficou morrendo de vergonha da covardia do filhão e apareceu na Codetran ontem pra se desculpar. A mulher explicou que o gurizão é metido a valentão e volta e meia tá se envolvendo em brigas.

A treta que envergonhou a mãe de um dos rapazes aconteceu perto das 17h30 de segunda-feira, quando os agentes foram até Cabeçudas dar um canetaço num motorista abusado. Próximo ao Bico do Papagaio, um trio de rapazes que não tinha nada a ver com a ocorrência começou a jogar pedras no Space Fox da Codetran.

Os caras quebraram a lanterna traseira e o paralama da frente do possante. Como a coisa tava ficando feia, os guardas decidiram pedir apoio de colegas e seguir os trastes para não perdê-los de vista. O trio seguiu até o molhe do Atalaia, onde resolveram atacar os guardinhas.

Quando os agentes desceram da caranga, o trio começou a xingar e dar pontapés na lataria do possante. Na confusão, um dos trastes deu um soco em Fabiane. A porrada foi tão forte que a coitada desmaiou. O agente pegou o agressor pelo pescoço, mas também levou um soco nas fuças.

Quando o reforço chegou, o grupo de arruaceiros já tinha aumentado pra cinco. Assim que a PM chegou, o pessoal botou sebo nas canelas e se virou em pernas.

Os PMS ainda conseguiram guentar Bruno Pinheiro Locadia, 19 anos, e Tiago Inácio, 19. Os dois foram levados pra depê, onde assinaram um termo circunstanciado e foram liberados para depois se explicarem direto com a dona justa.

Fabiane foi socorrida e chegou a ser levada ao hospital Marieta Konder Bornhausen com suspeita de traumatismo craniano e passou a noite em observação, mas ganhou alta pela manhã. Já Juliano tá com o olho inchado do soco que levou dos arruaceiros. Os dois estão em casa e ganharam 10 dias de licença médica pra se recuperar dos roxos e do susto.

Operação antecipada

?A prefeitura não vai descansar e nem baixar a cabeça?. Essa foi a resposta do diretor de trânsito da Codetran, Peterdione Manerich, à agressão sofrida pelos agentes. Manerich conta que com a barbaridade ocorrida na Atalaia, a Operação Veraneio será antecipada. A operação tava prevista pra começar no final do mês, mas vai ser antecipada para evitar abusos de trânsito por aquelas bandas.

Atualmente são quatro agentes trampando nas praias, mas agora todos os finais de semana o número irá triplicar. As barreiras com bafômetros também serão feitas todos os dias pra conter os motoras bebuns. ?A praia virou terra de ninguém?, acrescentou o diretor. Segundo Manerich, o crime contra os agentes teria sido porque o trio tem parentes que foram caneteados pela Codetran e tiveram veículos apreendidos.

O coordenador da Codetran, José Alvercino Ferreira, garante que a treta de segunda-feira foi uma exceção e que é muito difícil alguém partir pra cima dos guardinhas de trânsito. ?A grande maioria da população respeita o trabalho da Codetran, esse foi um caso isolado?, completa. Ele explica que a orientação para os agentes é não reagir e aguardar por reforço, como fizeram os coitados que apanharam.

  •  

Uma Resposta to “Mãe de valentão procura Codetran pra pedir desculpas”

  1. matheus Diz:

    nao e todos mas tem alguns que colocan a farda e se achao que sao federais mas tem muitos que sao pessoas super educadas e muito jente boa .mas claro que nao justifica o ocorrido mas deverinhao prestar atensao nesses que deicham a populacao com um mal olhado de voceis

Deixe uma Resposta