• Postado por Tiago

A dona Luiza Pinheiro, 55 anos, procurou o DIARINHO pra desmentir V.J., 21 anos. A guria disse à polícia, na terça-feira, que foi estuprada por Altair Visentaimer, 35. Logo após a safadeza, ela pediu ajuda ao povo, que deu um pau no rapaz. Ele foi preso pela PM. O caso teria rolado no Matadouro, em Itajaí.

Mas a mãe do acusado garante que a história não é bem essa. Luiza diz que o filho é um casqueiro e mora na rua, assim como V. Os dois vivem nos agarros, e ele paga pra sair com ela. Na terça-feira, a guria saiu com o cara e quando eles foram até a casa de dona Luiza pra pedir dindim, o marido dela se revoltou e desceu o sarrafo em Altair.

Baita invenção

A guria teria fugido enquanto o marido de Luiza batia no enteado e, sabe-se Deus porque, ela inventou a história do estupro. A mãe de Altair também procurou a polícia Civil pra contar o caso e pra revelar que o padrasto foi quem bateu em seu filho, que não teria sido linchado pelo povão. O padastro de Altair também ficou de pintar na depê pra desmentir V. Dona Luiza diz que o filho e ela sempre saíram juntos, e não sabe porque a lambisgoia inventou a historinha.

  •  

Deixe uma Resposta