• Postado por Tiago

Placa diz que mercado tá fechado pra balanço

Um pequeno cartaz colado no vidro do Mini Preço Vicentão, no bairro São Vicente, em Itajaí, avisa: fechado para balanço! O aviso tenta esconder o que de fato aconteceu com o mercado. Na manhã de quarta-feira, o oficial de justiça Evaldo de Aquino e a polícia Militar fecharam o comércio, que tinha uma dívida antiga, ainda da época da rede Vitória, e já foi leiloado.

Quem tentou fazer uma comprinha no Vicentão teve que dar meia volta e procurar outro mercado. Desde a manhã de quarta-feira, o supermercado tá fechadaço. Embora, os Sandri – donos da rede de mercados – tentem maquiar a verdade, colocando uma placa de fechado pra balanço na porta, a rede perdeu um processo na justiça e a loja foi a leilão.

O imóvel pertencia a Honorata Poffo, ex-mulher de Cídio Sandri. ?É um caso antigo, desde 2002. O imóvel foi penhorado por causa de uma dívida do supermercado Vitória, antes da separação do casal Sandri. Ele foi a leilão em 2007, e um grupo de Curitiba o arrematou?, explica o advogado de Sílvio Sandri, o juiz aposentado Nilton Macedo Machado. O grupo RVS, de Curitiba, foi quem comprou o mercado depois que ele foi a leilão.

Tá recorrendo

O dotô diz que o seu cliente já ganhou vários recursos deste caso e tá confiante que irá ganhar este também. ?A gente fez vários recursos para suspender essa situação, dois ainda estão pendentes?, informou. O advogado espera que um dos recursos seja julgado na segunda-feira, e que a empresa volte a abrir as portas. Se o pedincho pro leilão ser suspenso não for atendido, Nilton promete apelar ao Supremo Tribunal Federal (STF).

  •  

Uma Resposta to “Meganhas e oficial de justiça fecham o Mini Preço Vicentão”

  1. belquiz Diz:

    Ehh se eu fosse esse pessoal começava a procurar outro emprego……
    Só um funcionario muito burro pra não entender!

Deixe uma Resposta